O arquiteto Enric Miralles © Maro Kouri / Via Giornale dell'Architettura

Um ano de homenagens a Enric Miralles

Vinte anos após sua morte, Barcelona presta homenagem ao arquiteto catalão com cinco exposições e calendário completo de eventos

Enric Miralles (1955-2000) representa a excelência no campo arquitetônico. Em Barcelona, sua cidade de origem, o seu nome está ligado sobretudo ao mercado de Santa Caterina, concluído após a sua morte, ao edifício Gas natural, ao Paseo Icaria, ao Parque Diagonal Mar e ao Cemitério da Igualada (onde está sepultado), desenho conjunto entre o arquiteto e Carme Pinós, um bem recentemente declarado de interesse nacional.

Com uma carreira de 26 anos, totalizou 62 prêmios – incluindo o Prêmio Nacional de Arquitetura e o Leão de Ouro da Bienal de Veneza -, e legou 225 obras e projetos realizados em diversos países. Um arquiteto prolífico e multifacetado, que combinou sua profissão com o ensino nas universidades de Barcelona e Frankfurt, além das prestigiosas Yale, Harvard, Princeton e Columbia.

Falecido muito jovem, aos 45 anos, o arquiteto é estudado por escolas de arquitetura de todo o mundo e é tema para diversas iniciativas que intentam tornar ainda mais conhecida e prestigiada tamanha genialidade.

 

 

“Foi feito um esforço meticuloso para pesquisar no arquivo os materiais que melhor demonstram o legado de Miralles ao público em geral. Uma homenagem que pretende torná-lo acessível a todos, e recordá-lo como figura humana e profissional, mantendo vivo seu espírito visionário e experimentalista, com o qual trabalhava e via o mundo. Assim também é possível deixar seu legado às gerações futuras”, explicam Joan Roig, fundador do Battleiroig Arquitectura, e Benedetta Tagliabue, que continua o trabalho no Estúdio Miralles Tagliabue EMBT, ambos curadores da homenagem deste ano.

A Fundação Enric Miralles, que salvaguarda documentos sobre o arquiteto e recebe anualmente mais de duas mil visitas de todo o mundo, está à frente da iniciativa que, por sua, conta com o apoio do Município de Barcelona e da Generalitat de Catalunya, em colaboração com o Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona (ETSAB), Col·legi d’Arquitectes de Catalunya (COAC) e, claro, do estúdio EMBT.

Homenagem “circuito Miralles”

© Via Giornale dell’Architettura

 

O programa inclui cinco exposições programadas entre abril e o final de 2021, acessível a diversos públicos, além de e diferentes atividades que intentam abarcar as múltiplas facetas de Miralles – dentre elas, conversas, debates, fotografias, vídeos, desenhos, maquetes, cadernos, esboços, colagens, e mais -, de acordo com uma seleção de materiais originais, em parte inéditos.

Os espaços que acolhem os diversos eventos são particularmente emblemáticos, por exemplo, o Saló del Tinell do Museu de História, onde se encontra a exposição central, escolhido porque, em 1956, acolheu a primeira retrospectiva de Antoni Gaudí. Além desse epaço, a programação se estende ao Centre d’Arts Santa Mònica, Disseny Hub, a sede da Ordem dos Arquitectos (COAC), a Escola Técnica Superior de Arquitectura (ETSAB) e a Fundação Enric Miralles. Ao longo de 2021, outros eventos, em definição, serão adicionados aos já agendados.

Programação

MIRALLES: A quarts de quatre …

Local Salò del Tinell, MUHBA Museu d’Història de Barcelona
Data 15 de abril a 4 de julho

Em exibição quatro obras emblemáticas ilustradas por desenhos, esboços, fotografias, colagens, modelos e cadernos pessoais: o cemitério da Igualada (1985-91), o pavilhão de basquete de Huesca (1994), o mercado de Santa Caterina (1997)) e o Parlamento escocês em Edimburgo (2004).

 

MIRALLES. Fotos e colagens

Local Centre d’Arts Santa Mònica
Data 15 de abril a 30 de junho

Fotomontagens, fotografias de viagens profissionais e familiares, projeções e cerca de 170 colagens, técnica utilizada por Miralles sistematicamente, a fim de ilustrar a multiplicidade de suas formas expressivas. Para a ocasião, foi construído o elemento expositivo de colagens, projetado por Miralles em 1995.

 

MIRALLES. Continua …

Local Fundação Enric Miralles
Data 15 de abril a 23 de dezembro

A partir da seleção de modelos, esboços, fotografias, cartas, colagens e projeções, a Fundação Enric Miralles apresenta o legado deixado pelo arquiteto, que se prolonga por vinte anos após sua morte nas obras do estúdio Miralles Tagliabue EMBT.

 

MIRALLES. Perpetuum Mobile

Local Disseny Hub
Data 27 de maio a 29 de agosto

Estarão reunidas peças únicas desenhadas pelo arquiteto para sua própria casa, acompanhadas de plantas, desenhos e esboços dos projetos, pela primeira vez em exposição.

 

MIRALLES. Conversas

Local Sede da Ordem dos Arquitectos
Datas 3 de junho | 10 de junho | 17 de junho
Convidados Rafael Moneo, Benedetta Tagliabue, Beatriz Colomina, Soraya Smithson e Carme Pinós

Ciclo de conferências públicas em que participam professores, parceiros profissionais, colaboradores e amigos pessoais e profissionais do arquiteto

 

MIRALLES. A l’escola

Local Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona
Data 22 de setembro a 24 de novembro

O trabalho acadêmico de Miralles em todas as suas etapas, desde seu início, em 1984, na Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona (ETSAB), até o ensino em Harvard, onde ocupou a cadeira Kenzo Tange.