3º colocado: Felipe Giacomin Gripa (autor); Guilherme Silvério Dias, Júlia Morais Peredo, Nathalia P. F. Pinto e Priscilla Mitie Wazima (coautores) | Universidade de São Paulo - FAUUSP

UIA2021RIO: Conheça os vencedores do Concurso de Ideias Maré-Cidade

Foram seis propostas elegidas dentre os 180 projetos enviados por estudantes de arquitetura de todo o mundo

Anunciado hoje (14/10), o resultado do Concurso Internacional de Ideias Maré-Cidade, parte da programação do 27º Congresso Mundial de Arquitetos – UIA2021RIO, selecionou seis propostas que apresentam, brilhantemente, soluções inovadoras de arquitetura e urbanismo com o objetivo de integrar as comunidades do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro, ao restante da cidade, pautados nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

A disputa acirrada – promovida pela União Internacional dos Arquitetos (UIA) junto ao Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), com o apoio da ONU-Habitat – elegeu os três vencedores e três menções honrosas em meio aos 180 projetos produzidos e inscritos por estudantes de arquitetura de todo o mundo, tão diversos quanto Alemanha, China, Egito, Brasil, Rússia, Polônia, Turquia, Colômbia, França, Portugal, Oman e Ucrânia.  Os três primeiros colocados serão congratulados com premiações em dinheiro, e os demais destacados por Menções Honrosas em homenagem aos arquitetos Demetre Anastassakis, Roberto Burle Marx e Liz Paulo Conde. Todos os seis contemplados ganharão um relógio suíço da marca Mido.

Os chineses são maioria entre os autores premiados: conquistaram primeira e segunda colocações e mais as menções honrosas Roberto Burle Marx e Demetre Anastassakis. O terceiro lugar ficou para um projeto de estudantes brasileiros de São Paulo, e a menção honrosa Luiz Paulo Conde coube à propostas de estudantes de Bogotá, na Colômbia. Em comum os projetos buscaram valorizar as atividades culturais do Complexo da Maré e incentivar a participação da comunidade nas obras de revitalização propostas. O projeto vencedor ainda propõe o desenvolvimento da indústria doméstica (familiar, comunitária) nas favelas a partir da estratégia intitulada SIHI (Small Industry & Home Industry), que, na própria opinião dos autores, poderia ser replicada em outros locais.

O segundo colocado sugere a criação de cinco acessos e pontos de convergência que acabariam por promover a integração entre as favelas e delas com a cidade. Fábricas seriam exploradas como pontos de cultura e seriam abertos novos espaços públicos. Estes também foram o foco do projeto vencedor do terceiro lugar: áreas livres – ruas e espaços públicos – pautam a intervenção sugerida. O projeto inclui ampliação de calçadas, novo mobiliário urbano, ciclovia e mais infraestrutura.

A proposta recebedora da menção honrosa Demetre Anastassakis, um dos nomes mais relevantes no Brasil na arquitetura de interesse social, buscou transformar a lacuna de isolamento da Maré do restante da cidade em uma linha de que a une e a integra. Já o ganhador da menção Luiz Paulo Conde, em homenagem ao arquiteto que foi prefeito do Rio de Janeiro, aposta na consciência e nos valores culturais dos moradores da Maré como forma de superar as barreiras. Por fim, a menção nomeada Roberto Burle Marx, busca chamar atenção para os atributos paisagísticos da proposta, foi conquistada por um projeto apresentado sobre a forma de graphic novel, que também mapeou as atividades culturais da Maré e sugere a participação dos “criadores locais” nas soluções urbanas.

O júri, por sua vez, reuniu profissionais de prestígio internacional, entre eles o colombiano Elkin Velasquez Monsalve, diretor regional da Agência das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (UN-Habitat) para América Latina e Caribe, Nadia Tromp, da África do Sul, diretora do Programa de Trabalho da UIA Arquitetura Comunitária e Direitos Humanos, Alejandro Echeverri, Secretário de Desenvolvimento Urbano de Medellín de 2004 a 2008, Verena Andreatta, autora do livro Cidades Quadradas, Paraísos Circulares, e Gustavo Utrabo, do escritório Aleph Zero, autor do premiado projeto Moradas Infantis, no Tocantins.

Conheça os premiados

1º lugar

 

2º lugar

 

3º lugar

 

Menções Honrosas

Demetre Anastassakis

 

Luiz Paulo Conde

 

Roberto Burle Marx