Telhado verde garante desconto no imposto predial de Buenos Aires

O governo da Cidade Autônoma de Buenos Aires aprovou recentemente uma lei que promete mexer não apenas no bolso de seus moradores, mas também na paisagem e na temperatura local. Isso porque, de acordo com a nova legislação, todos os edifícios da região que engloba a capital argentina pagarão menos impostos por ter jardins no telhado.

O desconto no ABL – sigla para o imposto predial local – será de até 20% para todas as edificações que já tem ou implementarem tetos verdes em seus terraços e lajes. “Nossa meta é ambiental. E entendemos também que devemos ser os primeiros a aplicar a iniciativa. Por isso, desde o ano passado, começamos a construir escolas com vegetação nos telhados. E o mesmo faremos em outros edifícios públicos”, disse o secretário de Desenvolvimento Urbano, Daniel Chain, a reportagem da BBC Brasil.

Especializado em economia urbana, o arquiteto tem como nova meta exigir que os novos edifícios de Buenos Aires sejam obrigatoriamente construídos com coberturas verdes. “A medida sancionada é optativa e pretende estimular a criação destes pontos de vegetação. Mas neste ano enviaremos outro texto à Legislatura com a exigência de que novos prédios já tenham esses espaços verdes”, concluiu.

LEIA MAIS