(Imagem: Cortesia Snøhetta)

Snøhetta vence concurso para a Biblioteca Presidencial Theodore Roosevelt

A competição internacional selecionou por unanimidade a proposta do escritório norueguês Snøhetta por integrar fundamentalmente arquitetura e paisagem local

Após revelação, no mês anterior, dos três projetos finalistas para o concurso da Biblioteca Presidencial Theodore Roosevelt – destinado à Medora, em Dakota do Norte (EUA) -, a competição internacional escolheu ainda nesta semana, por unanimidade, a proposta enviada pelo escritório norueguês Snøhetta, que competia nesta última fase com os projetos do estadunidense Studio Gang e do norueguês Henning Larsen.

A proposta da equipe vencedora é influenciada pelas reflexões pessoais do presidente Theodore Roosevelt sobre a paisagem de Dakota do Norte, sobretudo pelo seu interesse na gestão ambiental. Segundo descritivos do projeto vencedor:

O desenho da Biblioteca é mais do que um edifício, é uma jornada que preserva a paisagem existente composta por diversos habitats pontuados por pequenos pavilhões que permitem reflexão e atividade”.

Dessa maneira, a implantação do prédio preserva a paisagem para pesquisas de conservação, ao mesmo tempo que oferece um ambiente para caminhadas educacionais, lazer e recreação. Sendo assim, o desenho possibilita aos visitantes que deixam o circuito da biblioteca, encontrarem caminhos que se conectam às proximidades da famosa trilha Maah Daah Hey Trail, bem como vários pequenos pavilhões. Essas estruturas, por sua vez, convidam os visitantes a vivenciarem conceitualmente os julgamentos e triunfos de Roosevelt pelo constante diálogo com as paisagens que o moldaram.

 

 

De acordo com a equipe responsável pelo projeto, “o design funciona em harmonia com a ecologia única da região e expressa o espírito de conservação pelo qual Roosevelt é lembrado. Sua construção usará materiais renováveis ​​e de origem local, enquanto seus sofisticados sistemas de energia definirão novas alternativas de design sustentável à região”.

“Um dos legados mais duradouros de Theodore Roosevelt é a conservação de nossos parques nacionais. Esta será a única biblioteca presidencial ao lado de um parque nacional. O projeto convidará os visitantes a verem e experimentarem o próprio berço da conservação, ideal para o local em questão”, pontuou Theodore Roosevelt V, tataraneto homônimo do presidente.

Em termos práticos, sabe-se que Snøhetta trabalhará em colaboração com um arquiteto local de Dakota do Norte para implementação final do projeto, que ainda pretende expandir-se e criar conexões com Little Missouri River; Cantonment, um antigo acampamento militar; e o depósito de trens original onde Roosevelt desembarcou pela primeira vez na área.