Snøhetta projeta casa modelo em ecoeficiência na Noruega

Residência de 200 metros quadrados produz mais energia do que consome

Em parceria com o Research Center On Zero Emission Buildings, o escritório Snøhetta projetou uma residência capaz de produzir mais energia do que consome, que servirá como modelo ecoeficiente na Noruega.

Construído na cidade de Ringdalskogen, o edifício de 200 metros quadrados conta com uma ampla rede de painéis fotovoltaicos, horta, pomar, sistema geotérmico destinado para o aquecimento de águas e calefação, além de conciliar elementos certificados para o uso de ventilação e iluminação natural, acústica e manutenção da qualidade interna do ar.

Os materiais utilizados na obra foram escolhidos rigorosamente para que emitissem, em conjunto, a menor taxa de emissão de gás carbônico possível – atualmente calculada próxima a zero –, incluindo o revestimento externo metálico, que se desdobra para formar um pátio central.

Além de prover energia para todas as funções cotidianas e equipamentos, a residência ainda tem capacidade para carregar um carro elétrico por 20 mil quilômetros anuais. A expectativa é que as obras sejam finalizadas ainda em setembro de 2014; a partir de então, o projeto será monitorado e documentado pelo instituto de pesquisas.