(Imagem: Cortesia Counterspace)

Serpentine Pavilion 2020 é adiado para meados de 2021

Em razão de isolamento, a edição 2020 do evento anual reagenda execução da proposta do Counterspace para o meio do ano que vem

A londrina Serpentine Galleries anunciou o adiamento do Serpentine Pavilion 2020 para meados de 2021 em virtude da situação pandêmica causada pelo Covid-19. Será a primeira vez em 20 anos que a galeria não realizará seu evento anual, reconhecido por convidar equipes de arquitetos pelo mundo a construir pavilhões experimentais nos jardins da própria galeria, em Kensington Gardens, Londres.

Anunciada no início deste ano, a equipe sul-africana Counterspace estaria responsável pela proposta vendedora do pavilhão de 2020. No caso, a única mudança é a data de execução do projeto efêmero, regido pelo novo cronograma, pois ele será implantado em 2021.

A Serpentine Galleries comunicou em seu site oficial a respeito da impossibilidade de construir a estrutura no presente momento, devido à abrangência da situação pandêmica, bem como a responsabilidade em resguardar o público visitante. O arquiteto e administrador da Serpentines, David Adjaye, continuou: “A crise global do Covid-19 mudou o contexto imediato. Em vez de apressar a execução do projeto do Counterspace, optamos por compreender as medidas do momento e postergar para quando for seguro”.

É importante ressaltar que a nova data exata de inauguração do Serpentine Pavilion ainda não foi anunciada.