Segundo título da Coleção Arquitetos da Cidade é dedicado ao gruposp

Escola da Cidade e Edições Sesc São Paulo enaltecem a trajetória do escritório de arquitetura fundado por Alvaro Puntoni e João Sodré, retratando nove de seus projetos marcados pelo diálogo com a cidade e o espírito de colaboração, analisados pela organizadora e professora da FAU-USP Marta Bogéa. O lançamento acontece na próxima sexta-feira, 20 de maio, a partir das 19h30!

Em 15 anos de atuação, o escritório de arquitetura gruposp realizou 78 projetos, que somam 788 mil metros quadrados – até o momento, treze destas obras estão concluídas. Do montante, nove foram os escolhidos pela organizadora Marta Bogéa na primeira publicação dedicada ao escritório, a Coleção Arquitetos da Cidade – gruposp, feita em parceria entre a Editora Escola da Cidade e as Edições Sesc São Paulo.

O lançamento ocorre dia na próxima sexta-feira, 20 de maio, a partir das 19h30, na Escola da Cidade, com sessão de autógrafos. Na ocasião haverá venda presencial do título com 20% de desconto. Para adquiri-lo online, basta acessar o site da Editora.

Espaço público e arquitetura

O primeiro dos projetos apresentados no livro, de 2013, propõe a criação de um “Museu Difuso e Urbano” para o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP). Outros projetos institucionais também estão incluídos na publicação: a Escola Estadual Jd. Tatiana (2006-2009), na cidade de Votorantim (SP); a sede nacional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em Brasília, (2008-2010), projeto vencedor do concurso público; e a sede da unidade do Sesc Limeira, realizada em parceria com José Paulo Gouvêa e Pedro Mendes da Rocha, também vencedora de concurso nacional.

Em relação aos projetos residenciais, são apresentadas propostas para habitações coletivas, como a Moradia Estudantil da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em Osasco e São José dos Campos (2015); o Edifício Simpatia (2007-2010), localizado na Vila Madalena, em São Paulo. A elas se somam três casas, localizadas nos bairros do Morro do Querosene e Jardim Paulistano, na capital de São Paulo, e na cidade de Itu, que também têm em comum o olhar sobre a topografia dos terrenos e o diálogo com o espaço público.

Ao final, em conversa com Alvaro Puntoni e João Sodré, Marta Bógea, Mônica Junqueira (professora da FAU-USP) e Pedro Kok (fotógrafo) extraem valiosas perspectivas da dupla sobre sua prática, dando ênfase às colaborações e parcerias, à construção de um legado propositivo para a arquitetura nas cidades. Comenta-se sobre a participação do escritório na XVI Bienal de Arquitetura de Veneza, em 2018, numa exposição que discutia a radicalidade dos “espaços sem nome” da arquitetura brasileira como locais de encontro.

 

Lançamento do livro gruposp – Coleção Arquitetos da Cidade)
Local
Galeria da Cidade / Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Endereço Rua General Jardim, 65, Centro – São Paulo – SP
Data 20 de maio de 2022, sexta-feira, 19h30
Programa inclui mesa de autógrafos e abertura da exposição Espaços sem Nome
Acesso Entrada gratuita

 

Sobre a Coleção
A série Arquitetos da Cidade pretende registrar e divulgar o trabalho de arquitetos cujas ações não perdem a oportunidade de concretizar uma gentileza urbana, ou seja, de qualificar o espaço público com ações positivas. A série busca mostrar projetos que entendem que a arquitetura urbana é arte complexa, determina o desenho da paisagem, influi nas relações sociais e qualifica o espaço para as pessoas. O primeiro livro da série foi dedicado ao escritório paulistano SIAA, lançado em dezembro de 2021 e organizado por Francesco Perrotta-Bosch.

Sobre Marta Bogéa
Arquiteta formada pela Universidade Federal do Espírito Santo (1987), mestra pela PUC-SP (1993), doutora pela FAU-USP (2006) e professora livre-docente do Departamento de Projeto da mesma instituição. Pesquisadora do CNPq e vice-diretora do Museu de Arte Contemporânea da USP.

Sobre a Editora Escola da Cidade
A Editora Escola da Cidade surgiu em 2010 como uma nova ferramenta de divulgação e circulação da produção acadêmica da Escola da Cidade, contribuindo para a construção de um repertório arquitetônico coletivo e para a discussão sobre a vida urbana e as cidades contemporâneas. Desde então, a prática da Editora envolveu a colaboração de professores, alunos e ex-alunos da faculdade. A partir de 2017, formou-se o Núcleo de Design que passou a criar os projetos gráficos das publicações. Seus títulos estão disponíveis na loja virtual da Editora, bem como nas principais livrarias brasileiras.

Sobre as Edições Sesc São Paulo
Pautadas pelos conceitos de educação permanente e acesso à cultura, as Edições Sesc São Paulo publicam livros em diversas áreas do conhecimento e em diálogo com a programação do Sesc. A editora apresenta um catálogo variado, voltado à preservação e à difusão de conteúdos sobre os múltiplos aspectos da contemporaneidade. Seus títulos estão disponíveis nas Lojas Sesc, na livraria virtual do Portal Sesc São Paulo, nas principais livrarias e em aplicativos como Google Play e Apple Store.