Rio de Janeiro formaliza candidatura para sediar congresso da UIA

A candidatura do Rio de Janeiro para sediar o Congresso Mundial da UIA em 2020 será formalizada esta semana pelo presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Sérgio Magalhães, e o presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira, durante a reunião do conselho da União Internacional dos Arquitetos (UIA), que acontece de 5 a 8 de fevereiro, em Istambul, Turquia.

Paris e Melbourne, na Austrália, concorrem com a candidatura brasileira para ser a cidade-sede do evento. O último país latino-americano que sediou o evento foi o México, em 1978. Na ocasião, o tema do congresso foi Arquitetura e o Desenvolvimento Nacional. “Como consequência imediata, os vínculos dos arquitetos do continente americano com a UIA podem ser reforçados”, defendeu Sérgio Magalhães.

Com o tema “Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21”, a proposta do IAB é realizar o 27º Congresso da UIA no Rio de Janeiro e centrar as discussões no papel da arquitetura na realidade urbana do mundo contemporâneo.

Para o Instituto, a realidade urbana expressa a diversidade e a multiplicidade das formas e dos modos de produção das cidades. “Nosso objetivo é aproveitar a oportunidade do encontro para apresentar a nossa proposta aos demais membros do Conselho da UIA, de modo a conseguir o apoio necessário para trazer o evento ao nosso país”, afirmou Sérgio Magalhães.

Outra questão que o IAB pretende trazer é a reinserção da profissão do arquiteto urbanista na sociedade. “Sediar o Congresso Mundial da UIA é promover a reinserção da profissão no meio social. Os eventos preparatórios do congresso podem contribuir significativamente para que os arquitetos se insiram de forma mais contundente no dia a dia das cidades”, explicou Pedro da Luz.