(Foto: reprodução / AD China)

Projeto de Fernando Brandão integra lista de “mais bonitos do mundo”

A coletânea preparada pela editora Rizzoli compila uma série de ambientes publicados pelas Architectural Digest Magazine mundiais

Após ser divulgada com destaque pela Architectural Digest Magazine China (AD China) em junho de 2019, a Shangai FB House, projeto e lar do arquiteto brasileiro Fernando Brandão, agora faz parte do livro The most beautiful rooms in the world. Assinado pela editora estadunidense Rizzoli, o conteúdo compila projetos reportados pelas AD Magazine mundiais.

Desde 2012 o arquiteto mantém escritório em Xangai e, em 2016, passou a procurar uma residência para si no país: “Passava 45 dias no Brasil e 45 dias na China. Encontrei um condomínio em que as casas ainda estavam inacabadas e fiz uma proposta ao proprietário para terminar de construí-la”, conta Brandão em entrevista ao Janela, blog da Editora Olhares.

De acordo com as palavras do arquiteto, a equipe da AD China visitou primeiramente, em 2019, o seu próprio escritório e foi surpreendida pela mescla de cores difundidas nos ambientes. Com interesse , a próxima descoberta da AD China foi a casa do arquiteto, consequentemente escalada para compor a pauta residencial da seguinte edição da revista. “Dias depois veio um produtor espanhol, um fotógrafo irlandês e uma equipe chinesa produzir a matéria, que teve 10 páginas”, conta Fernando.

Com sete metros de pé-direito, a principal identidade dos projetos do arquiteto também estão expressa no ambiente, onde predomina a sobreposição de cores, sobretudo do vermelho e do azul (estilo Lápis-lazúli). Junto de peças brasileiras, artigos de outros países e objetos dados por amigos alimentam a decoração:

A China antiga é bem colorida, é um país que tem uma relação forte com a natureza. […] Gosto de arquitetura lúdica, divertida, bem-humorada, que conta uma história”, explica Brandão.

 

 

Além de coordenar ambas as sedes de seu escritório – Fernando Brandão Arquitetura + Design, no Brasil, e DeTao Longbaidu Architecture and Design Studio, na China -, o arquiteto também é professor do núcleo de arquitetura internacional das universidades Fudan University Shanghai e a Peking University. Autor de mais de dois mil projetos de design e detentor de inúmeros prêmios internacionais, Brandão foi novamente reconhecido, em 2019, ao ser listado como um dos cem arquitetos mais influentes da China. De acordo com suas palavras à AD China: “Quer façamos design de arquitetura ou design de interiores, coisas que podem trazer memória emocional devem ser nosso objetivo”.