Prepare-se para a 4ª semana aberta UIA2021RIO!

Após três meses consecutivos de conteúdos virtuais, em junho seguem as atividades abertas antecedentes ao Congresso Mundial previsto para o próximo julho. Dessa vez a série de debates é sobre o tema “Transitoriedades e Fluxos”

O 27º Congresso Mundial de Arquitetos UIA2021RIO apresenta sessões virtuais abertas que perduram neste mês de junho (nos dias 21 a 24), após iniciarem-se no último março pela inaugural Semana Mundial de Arquitetos UIA2021RIO.

Guiada pelo eixo temático “Transitoriedades e Fluxos”, a quarta semana aberta estará estruturada em três debates e, no último dia, encerra-se com live especial, momento em que os especialistas trarão reflexões e propostas para as questões abordadas nos dias anteriores, bem como responderão perguntas enviadas pelo público.

É válido pontuar que até o último dia deste mês (30/6), todo o conteúdo permanece disponível ao público, mediante inscrição gratuita feita no evento. Depois, só terão acesso os inscritos no Congresso – para os congressistas ainda está agendada uma série de ArchiTalks previstos para realizarem-se na primeira quinzena do mês. Estruturados em 20 minutos de duração cada, são convidados os seguintes expoentes da Arquitetura e Urbanismo:

  • Carlos Alberto Maciel (Brasil)
  • Cintia Menezes Lins (Brasil)
  • Cristina Garcez (Brasil/França)
  • Haewon Shin (Coreia do Sul)
  • Índio da Costa (Brasil)
  • Lourenço Gimenes (Brasil)
  • Mario Biselli (Brasil)
  • Noelia Monteiro (Brasil)
  • Pablo Hereñú (Brasil)
  • Pablo Moreira (Equador)
  • Pedro Alban (Brasil)
  • Pedro Varella (Brasil)
  • Roberto Moita Machado (Brasil)
  • Vinícius Andrade (Brasil)
  • Xiaodu Liu (China)

Ainda nessa primeira quinzena de junho, será disponibilizado na plataforma UIA2021RIO o conteúdo do ‘Diálogos Habitar América Latina’, promovido pela Rede de Bienais de Arquitetura da América Latina (REDBAAL).

Sabe-se que a programação de eventos on-line e aberta antecede o roteiro substancial do UIA2021RIO, previsto para 18 a 22 de julho, recentemente formatado para integrais transmissões remotas, que se adaptam à atual situação pandêmica. Anteriormente presencial, o modelo havia sido redesenhado para roteiro híbrido, e assim permaneceria se não fosse o presente agravamento de disseminação da Covid-19 no país.

 

Com o recrudescimento atual da crise sanitária no Brasil e no mundo, a União Internacional de Arquitetos (UIA) e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) determinaram que todos os eventos presenciais planejados para o período entre 18 e 22 de julho de 2021 sejam realizados remotamente – tudo será digital. Lamentamos não poder recebê-los no Rio, mas há aspectos positivos”, informa o descritivo.

 

De acordo com o que se pontua pelo informe oficial, olha-se com perspectiva otimista para tal acomodação virtual, dado o ampliado alcance global de público por ela permitido. “As primeiras palestras digitais – originalmente planejadas para um auditório com capacidade para mil pessoas – tiveram dez vezes mais espectadores! Em sua primeira semana, o UIA2021RIO digital atraiu 35.600 participantes de 159 países! O programa também está bem mais amplo: muito além dos cinco dias em julho, estamos lançando conteúdos digitais ao longo de cinco meses”.

Confira o roteiro da terceira Semana Mundial de Arquitetos UIA2021RIO e inscreva-se gratuitamente em aberto.uia2021rio.archi.

Programação – debates abertos

21/6 (segunda-feira), 9h – Migrações e Diásporas
Convidados
Rahul Mehrotra e Zulu Araújo
Moderação Daniella Abreu

Rahul Mehrotra é arquiteto, urbanista e educador, Rahul Mehrotra é também um dos maiores especialistas em arquitetura indiana, com vários livros e estudos publicados e trabalho regular junto às comissões de preservação histórica e de questões ambientais de Mumbai (Índia), onde fica seu escritório, o RMA Architects. Foi diretor executivo e é curador do Instituto de Pesquisa em Design Urbano em Mumbai. Lecionou na Universidade de Michigan, no Instituto de Tecnologia de Massachusets/MIT e é professor da Escola de Design de Harvard. Para a UIA editou o livro “The Architecture of the 20th Century in the South Asian Region”.

Edvaldo Mendes Araújo – mais conhecido como Zulu Araújo – é arquiteto urbanista e Mestre em Cultura e Sociedade, ativista do Movimento Negro e Diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Brasil). Foi diretor de Cultura de Instituto dos Arquitetos do Brasil na Bahia, diretor do Departamento de Intercâmbio e Ações Regionalizadas da Secretaria de Cultura da Bahia, diretor e conselheiro do Grupo Cultural Olodum, diretor e presidente da Fundação Palmares e representante do Ministério da Cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Também ocupou a direção da Casa da Cultura da América Latina/UNB e a Coordenação Geral do Festival Latino-americano e Africano de Arte e Cultura (FLAAC), em 2012.

 

22/6 (terça-feira), 9h – Novas Práticas
Convidados
Edgar Mazo e Carmen Silva
Moderação Carlos Leite

Nascido em Medellín, Edgar Mazo é um dos fundadores do Laboratorio de Arquitectura y Paisaje (L.A.P.). Seu trabalho tem sido reconhecido em vários concursos internacionais de arquitetura, como o do Parque Del Río, em Medellín, o do Governo de Antioquia (Colômbia) para o desenho de parques educativos nos municípios de Concordia e Entrerrios, e o do Parque Verde La Carlota (Caracas, Venezuela). Lecionou na Pontificia Universidade Católica do Peru, na Universidade Simon Bolivar (Venezuela) e na Universidade Católica do Chile.

Líder do Movimento dos Sem-Teto do Centro (MSTC) de São Paulo, Carmen Silva já promoveu a inclusão social de quase 3 mil pessoas que moravam nas ruas ou em habitações muito precárias. Urbanista na prática, lecionou em cursos de Arquitetura e participa do debate sobre as cidades nos setores público, privado e acadêmico. Foi coordenadora do Conselho Participativo da região da Sé, em São Paulo, conselheira municipal e estadual de Habitação e das políticas públicas para mulheres. Coordenou o conselho de gestão de duas quadras na chamada Cracolândia.

 

23/6 (quarta-feira), 9h – Transitório e Efêmero
Convidados
Raquel Rolnik e Claudio Acioly
Moderação Abílio Guerra

Raquel Rolnik é arquiteta, urbanista e professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP). Especialista em políticas habitacionais, planejamento e gestão do território urbano, foi relatora especial do Conselho de Direitos Humanos da ONU para o Direito à Moradia Adequada. Também trabalhou como diretora de Planejamento da Cidade de São Paulo, coordenadora de Urbanismo do Instituto Pólis e secretária nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades. É autora dos livros “A Cidade e a Lei”, “O que é Cidade”, “São Paulo – Coleção Folha Explica”e “Guerra dos Lugares: a colonização da terra e da moradia na era das finanças”.

Claudio Acioly é arquiteto e planejador urbano com 33 anos de experiência em mais de 30 países, atuando como consultor e especialista em políticas e programas habitacionais, gestão urbana e urbanização de assentamentos informais. Foi consultor do Banco Mundial e de agências da ONU, tais como PNUD, UNECE e ONU-Habitat. Atualmente, é o chefe de Capacitação e Formação Profissional da ONU-Habitat e dirige projetos e programas de capacitação em vários países. Atuou como especialista sênior do Institute for Housing and Urban Development Studies-IHS, Holanda e, desde 2004, é professor associado ao Lincoln Institute of Land Policy, EUA, coordenando programas na área de mercado informal de solo e urbanização de assentamentos informais na América Latina.

 

24/6 (quinta-feira), 11h – Live da Semana ‘Mudanças e Emergências’
Debate especial e ao vivo com diversos especialistas convidados que trarão reflexões e propostas para as questões abordadas na semana.