Prêmio Pritzker lança homenagem especial aos Laureados de 2021

A cerimônia de premiação pré-gravada estará no ar amanhã (14/9), em site e redes sociais da comenda, enaltecendo referencial trabalho de Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal, os 49º e 50º ganhadores do Prêmio Pritzker de Arquitetura. Não perca!

A dupla Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal © Cortesia Prêmio Pritzker

 

O Prêmio Pritzker de Arquitetura disponibilizará na próxima terça-feira, 14 de setembro, um vídeo cerimonial pré-gravado para homenagear a dupla de arquitetos e urbanistas Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal, ganhadores da comenda neste 2021, e ocupantes das 49ª e 50ª posições na lista consagrada de vencedores da histórica premiação. O lançamento acontece às 10h (EDT) – 11h (BRT) – no site e nas redes sociais oficiais do Prêmio, e figura como a segunda cerimônia pré-filmada em seus 43 anos de existência – a primeira foi em 2020, em razão da pandemia do Covid-19.

“Estamos num ponto da história da arquitetura em que a questão do habitar se torna tema essencial. Construímos as condições de liberdade através do espaço, numa relação positiva com o clima, partindo de preexistências, sem nunca as desconsiderar. Esta é a essência do nosso trabalho”, declara Vassal durante a cerimônia de premiação. “A demolição é solução de curto prazo, decisão fácil, um modo de regeneração urbana, ou até um meio de reciclagem. No entanto, é irreversível, pois qualquer demolição destrói vasta quantidade de informações, conhecimentos, camadas, materiais e memórias. A vida leva muito tempo para se estabelecer e crescer”, complementa Lacaton.

Além das contribuições dos premiados, a cerimônia conta com comentários dos oradores filmados remotamente, ao redor do mundo. Sendo assim, os espectadores viajarão para obras de Lacaton e Vassal, do edifício FRAC Dunkerque (Dunkerque, França), ao Palais de Tokyo (Paris), aquele que se tornou o maior centro de arte contemporânea da Europa, a partir da transformação realizada pelos arquitetos, em 2012, que maximizou a funcionalidade ao resgatar sua preexistência.

 

 

“Grande parte da obra construída convida a atentar ao tempo em que vivemos. Lacaton e Vassal estão certamente entre os nossos mais ilustres guias. Há muitas décadas, são o bem-estar daqueles para quem criam moradias com compaixão e harmonia estética”, afirma Tom Pritzker, presidente da Fundação Hyatt, patrocinadora do prêmio.

 

Essa linguagem arquitetônica despretensiosa pode ser a razão pela qual seus edifícios incentivam funções inesperadas em vez de predefinidas. Ser humilde não significa ser tímido. Na verdade, um caráter um tanto ousado e autoconfiante é necessário para operações sutis, e esse pode ser um dos equilíbrios mais delicados que a arquitetura de Lacaton e Vassal foi capaz de alcançar – o cuidado com o ambiente construído”, comenta Alejandro Aravena, Presidente do Júri.

 

Do Forte de Bregançon, residência presidencial localizada no sul da França, Emmanuel Macron, Presidente da República Francesa, dirige-se aos Laureados: “O trabalho de Lacaton e Vassal dá vida aos espaços, tornando-os altruístas, luminosos, delicados.  Faz-nos lembrar da necessidade de entender que a arquitetura será sempre uma forma de arte política, arte social que desenha a forma como vivemos, inventa ou reinventa formas de usufruir o mundo, viver nos lugares, como nos movemos, criamos a sociedade (…)”.

Além dos referidos insights, durante a cerimônia as Laureadas de 2020, Shelley McNamara e Yvonne Farrell, entregam homenagem especial à dupla. “É importante para o mundo saber que existem pessoas como vocês. É importante para nós. Posição filosófica, compreensão altamente inteligente das situações e soluções aparentemente modestas que os tornam líderes. Suas estratégias arquitetônicas são delicadas e robustas, e nos ajudam a ver soluções inventivas, que levam a formas renovadas de pensar e fazer”, afirma Farrell.

 

Acesse

www.pritzkerprize.com