Última semana para se inscrever na Premiação IABsp 2021 – Edição do Centenário

O certame alinha, pela primeira vez, todos os Departamentos Estaduais do IAB com o objetivo de identificar valores e avanços na produção arquitetônica e urbana, ampliando sua abrangência e valorizando a diversidade de iniciativas de acordo com seus contextos. O prazo de inscrições do encerra na próxima segunda-feira, 15 de novembro!

 

A Premiação IABsp 2021 – Edição do Centenário inaugura um novo momento na longa tradição de reconhecimento e consagração da arquitetura e do urbanismo promovido pelo IABsp e pelos diversos Departamentos Estaduais do IAB ao longo de sua história.

No contexto das comemorações dos 100 anos da criação do IAB, os Departamentos Estaduais se alinham pela primeira vez com o objetivo comum de articular uma premiação nacional. As premiações sempre tiveram como finalidade a identificação dos valores, dos avanços e da perspicácia na produção da arquitetura e do urbanismo. Tais premiações se constituíram como um retrato dos contextos locais e dos momentos em que foram realizadas.

Com o objetivo de ampliar sua abrangência sem deixar de valorizar a diversidade de iniciativas e sem negligenciar as particularidades específicas de cada contexto, as premiações estaduais deste ano serão coordenadas em categorias equivalentes, de modo a garantir condições de equidade, para que então possam ser avaliadas conjuntamente em uma etapa nacional.

A inscrição dos trabalhos está organizada nas seguintes categorias:

  1. Edificações, mais Destaque Casa do Ano e Destaque Impacto Social;
  2. Interiores e Design, mais Destaque Objeto;
  3. Urbanismo, Planejamento e Cidades, mais Destaque Anual Especial e Destaque Marina Harkot de Ativismo Urbano;
  4. Técnicas e Tecnologia, mais Destaque Anual Especial COVID-19; e
  5. Cultura Arquitetônica, mais Destaque Anual Especial COVID-19 e Destaque do Centenário IAB.

 

Poderão se inscrever arquitetas e arquitetos individuais, autônomos, organizados em escritórios, assessorias técnicas, coletivos, cooperativas, grupos de pesquisa, grupos de extensão e outras formas de organização de trabalho coletivo, assim como organizações não governamentais, órgãos e empresas públicas, empresas privadas e coletivos, desde que tenham pelo menos um(a) autor(a) ou coordenador(a) técnico(a) arquiteto(a).

Já em relação aos trabalhos, poderão ser inscritos aqueles desenvolvidos ou executados a partir de 1 de janeiro de 2016, mais de um trabalho em uma mesma categoria, assim como é permitido que um proponente inscreva trabalhos em diferentes categorias. Não há limite de quantidade de trabalhos a serem inscritos por proponente, e serão selecionadas até sete propostas em cada uma das cinco categorias principais, incluindo os destaques – são uma recomendação de temas que devem ser avaliados separadamente dentro de uma mesma categoria sem, contudo, constar como um prêmio adicional aos acima definidos.

Além das novas categorias promoverem um equilíbrio entre diferentes práticas da arquitetura e do urbanismo, o modelo do prêmio também seguirá tendências de edições anteriores:

 

“Dessa forma, o prêmio privilegia um retrato mais coletivo e, na medida do possível, mais diverso e complexo da produção recente, levando em conta pontos de vista distintos que possam representar melhor as condições recentes da arquitetura e do urbanismo brasileiros”, informa o comunicado oficial do IABsp.

 

Ainda os interessados podem consultar todos os 15 editais abertos dos IABs regionais no Brasil, abrangendo 24 estados da federação, através do site www.iab.org.br/premiacao-iab-2021-edicao-do-centenario.

Cronograma

30.9 Lançamento do Edital e Início das inscrições
Outubro de 2021 Anúncio do júri
8.10 Divulgação do primeiro bloco de respostas
22.10 Divulgação do segundo bloco de respostas
5.11 Divulgação do terceiro e último bloco de respostas
15.11, às 23h59 Prazo final de inscrições e entrega dos trabalhos para a edição estadual São Paulo
15.12 Cerimônia de premiação
Janeiro de 2022 Cerimônia de premiação Nacional

 

Acesse

Edital da Premiação IABsp 2021