Passarela renova paisagem do Mont Saint-Michel, na França

Nova via de acesso, projetada por Dietmar Feichtinger, substituiu a antiga passarela que conectava a ilha ao continente, construída em 1879

Via de acesso entre a costa norte da França e a histórica ilha homônima, a nova ponte de Mont Saint-Michel acaba de ser inaugurada para o uso de pedestres. Com 760 metros de extensão, a estrutura substituiu a antiga passarela existente, construída em 1879.

Desenvolvido pelo arquiteto austríaco Dietmar Feichtinger, o projeto tem como objetivo desencorajar a utilização de automóveis particulares, o que, muitas vezes, causava congestionamentos, além de degradar o patrimônio natural da região.

Agora, vistitantes e turistas podem andar ou pegar um ônibus comunitário para fazer o trajeto entre o continente e a ilha.

Sustentada por 134 pilares submersos, a ponte possui 12 metros de altura; assim, quando o nível do mar aumenta para aproximadamente 14 metros de altura, a superficíe será inundada – apenas em dois períodos a cada ano –, o que funcionará como um processo contra o acumulo de lodo.

“A intenção deste programa foi garantir a continuidade da paisagem até onde os olhos podem ver. O programa definiu como imperativo não perturbar a atmosfera e as maravilhas do local”, afirmam os arquitetos responsáveis.