Belgas criam painel solar que reduz em até 70% consumo de energia

Nova tecnologia também conta com filtros térmicos ultra-violeta, que separam a luminosidade do calor solar

Por meio de um sistema de lentes, sensores e espelhos motorizados, um captor de luz solar em formato de domo tem a capacidade de reduzir em até 70% gastos com energia elétrica. A nova tecnologia, desenvolvida pela empresa belga EcoNation, promete fornecer 10 horas de luz ao dia, em média.

Além dos mecanismos captores, o “LighCatcher” também conta com filtros ultra-violeta e térmicos, que separam a luminosidade do calor solar, evitando que os ambientes superaqueçam durante os meses de verão.

De acordo com os fabricantes, o produto é aproximadamente “oito vezes mais eficiente se comparado aos painéis solares em relação à redução de consumo de energia e impacto no meio ambiente e ocupa apenas de 1% a 3% da superfície da cobertura”.

Atualmente, o equipamento está disponível para construções comerciais, públicas e industriais – a cobertura deve ter, pelo menos, 5 mil metros quadrados.

Assista abaixo um vídeo explicativo sobre o “LighCatcher”.