Lançado edital de implantação do 2º trecho do futuro ‘Parque Novo Rio Pinheiros’

Compreendido entre Ponte João Dias e Marginal Tietê, em São Paulo, o parque integra o escopo do projeto de despoluição do Rio Pinheiros. O chamamento de propostas permanece aberto até o próximo 20 de maio

Margens do Rio Pinheiros, São Paulo © Pedro Carvalho / Via Veja SP

 

O Governo do Estado de São Paulo publicou nesta semana o edital de contratação para a segunda fase de implantação do esperado ‘Parque Novo Rio Pinheiros’, na Zona Oeste da cidade, a fim de dar prosseguimento ao plano de despoluição do rio, anunciado em 2019, pelo governador João Doria (PSDB).

O chamamento público recebe propostas até o próximo 20 de maio de empresa ou consórcio que, uma vez escolhido, estará encarregado pelo prolongamento da atual ciclovia até o Cebolão – complexo viário que liga as marginais do Pinheiros e do Tietê -, bem como pelos custos de implantação, operação e manutenção de outras áreas de lazer ao longo de nove quilômetros das margens do Rio Pinheiros – especificamente da Ponte Cidade Jardim até a Marginal Tietê.

Espera-se que no projeto estejam consideradas pistas de caminhada, pontos de alimentação, banheiros e novos acessos para interligação do parque com o transporte público. Em contrapartida, a empresa poderá explorar o local com publicidade, além de promover eventos na área.

“Desde o início temos ressaltado a importância das parcerias no programa Novo Rio Pinheiros. Este é mais um passo para a revitalização das margens deste rio que está em transformação. Os parques serão novas opções de lazer para a população e implantados por meio da iniciativa privada”, explica o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

Vale pontuar que, no último mês de janeiro, foi assinado o contrato entre a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), responsável pelo espaço, e o Consórcio Parque Novo Rio Pinheiros, constituído pelo grupo empresarial Amarílis, Farah Service, Jardiplan e Metalu Brasil, por sua vez encarregado de investir R$ 30 milhões na revitalização do primeiro trecho do parque (8 quilômetros), compreendido entre as pontes João Dias e Cidade Jardim.

Consulte o Edital de Chamamento Público SIMA Nº 01/2021/GS.