IAB lança edital por ações de boas práticas ligadas à Primeira Infância

As propostas selecionas integrarão a nova plataforma virtual de projetos da entidade, pública a partir de maio de 2021, e, desde que guiadas por tal eixo temático, podem apresentar-se nas categorias: Projetos e Obras; Políticas Públicas; Estudos Técnicos, Pesquisas Acadêmicas; Projeto de Mobiliário; Comunicação Visual e Design; e Ações, Programas e Intervenções Educativas e Culturais

Foi lançado o edital de chamamento público que busca por ações de boas práticas relacionadas à Primeira Infância para integrar a nova plataforma virtual de projetos do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB). As inscrições são gratuitas, abertas a todos os países da América Latina e poderão ser realizadas entre os próximos dias 6 e 16 de maio, mediante o preenchimento de formulário disponibilizado na própria plataforma virtual de projetos da entidade.

Com estreia no mesmo 6 de maio, essa plataforma reunirá ações e experiências de boas práticas em diversas áreas, tais como Mobilidade Urbana, Habitação de Interesse Social e outras, com a temática da Primeira Infância na América Latina consistindo no primeiro chamamento. Em suma, o novo portal será uma ferramenta tecnológica para divulgar e conectar boas práticas de projetos, programas e políticas públicas que se utilizam de estratégias voltadas à atuação do arquiteto e urbanista, objetivando a publicação de tais ações nas diferentes áreas de conhecimento e aplicação da arquitetura – todas vinculadas ao atendimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e da implantação da Nova Agenda Urbana difundidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) -, bem como a formação de parcerias e articulação de diferentes atores da sociedade.

Neste sentido, o lançamento do presente edital, além de inaugurar a tal plataforma, também faz parte do projeto “BRA-2020-022 IDB Technical Assistance for Urban95”, um projeto colaborativo realizado por meio de parceria técnica entre o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e a Fundação Bernard van Leer (FBvL) que, por sua vez, objetiva desenvolver, implementar e ampliar soluções no espaço público com foco no desenvolvimento de crianças entre 0 e 6 anos.

O IAB reconhece a importância do acolhimento humano desde o início da vida. Sob essa ótica, portanto, defende a produção, a implementação e a ampliação de soluções técnicas com foco no desenvolvimento de crianças entre 0 a 6 anos por meio da incorporação do conceito de primeira infância em projetos, ações e políticas que envolvem a arquitetura e o urbanismo”, conforme o descritivo publicado pela entidade.

Os interessados poderão inscrever ações nas seguintes categorias:

  1. Projetos e Obras;
  2. Políticas Públicas;
  3. Estudos Técnicos, Pesquisas Acadêmicas e Atividades de Extensão ou Publicação Específica;
  4. Projeto de Mobiliário;
  5. Comunicação Visual e Design; e
  6. Ações, Programas e Intervenções Educativas e Culturais.

O edital de chamamento está disponível nas versões espanhol e português e, além da realização conjunta entre IAB e FBvL, tem parceria com a Federação Panamericana de Associações de Arquitetos (FPAA), a Agrupación Arquitectura y Niñez de América (ANDA) e o programa Architecture & Children da União Internacional de Arquitetos (UIA).

Mais sobre a rede Urban95

A Urban95 é uma iniciativa internacional da FBvL que visa incluir a perspectiva de bebês, crianças pequenas e seus cuidadores no planejamento urbano, nas estratégias de mobilidade e nos programas e serviços destinados a eles. Convida assim líderes, gestores públicos, arquitetos e urbanistas a pensar as cidades sob a perspectiva de quem tem 95 cm – a altura média de uma criança de 3 anos. A iniciativa visa incorporar as lentes da primeira infância na gestão das cidades, a partir de ações efetivas que promovam interações positivas, contato com a natureza nos espaços urbanos, proximidade entre serviços e mudanças duradouras nos cenários que moldam os primeiros anos da vida de nossos cidadãos.