Guia virtual mapeia arquitetura de Porto Alegre

Plataforma reúne 100 obras arquitetônicas, urbanísticas, paisagísticas, históricas e culturais da capital gaúcha, dos tempos coloniais à contemporaneidade

Idealizado pelos arquitetos e urbanistas Rodrigo Poltosi e Vlademir Roman, da VRP Arquitetura Estratégica, o ‘Guia Arqpoa’ reúne textos, fotografias e informações sobre 100 obras arquitetônicas, urbanísticas, paisagísticas, históricas e culturais da cidade, com o objetivo de preservar a memória de seu patrimônio arquitetônico, nos diferentes tempos e estilos.

O projeto foi desenvolvido a partir do Edital de Chamamento Público 003/2019 do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS), através do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/RS) e de seus autores. A montagem da publicação considerou os patrimônios já reconhecidos pelo poder público e pelos idealizadores do projeto, e complementou a lista dos edifícios e espaços públicos constituintes no primeiro volume impresso ‘Guia de Arquitetura de Porto Alegre’, lançado em 2017. De 200 opções iniciais, 100 foram selecionadas.

 

A constatação de que não havia nenhum guia que mostrasse, destacasse e analisasse a arquitetura [de Porto Alegre] nos diversos períodos históricos e estilísticos, motivou-nos a organizar esse material. A arquitetura da cidade não é suficientemente conhecida e valorizada, mesmo por seus habitantes. São Paulo, Rio de Janeiro, Montevidéu, Buenos Aires e até mesmo Pelotas e Caxias do Sul, para ficarmos em exemplos próximos, têm seus guias de arquitetura “, explicam os autores.

 

Abrangente, a publicação é direcionada a todos os cidadãos e visitantes da capital gaúcha, e compreende não somente edificações, mas também obras tocantes ao urbanismo, paisagismo e mais.

“A prioridade é divulgar os locais passíveis de visitação, já que o Guia não é direcionado especificamente aos arquitetos e urbanistas, mas principalmente aos moradores, turistas e visitantes da cidade. Gostamos de frisar que, além de prédios, há praças e exemplos de paisagismo e urbanismo, como o caso do IAPI, inspirada no conceito de cidade-jardim”.

 

O Conjunto Habitacional Passo d’Areia, também conhecido como Vila dos Industriários, ou ‘IAPI’,  construída entre 1942 e 1954, e inaugurada pelo então Presidente da República, Getúlio Vargas, ainda 1953 © Via Facebook Fotos antigas de Porto Alegre

 

A mescla de novas e antigas edificações na cidade são o ponto alto de constatação dos autores, expresso literalmente no Guia. Segundo o arquiteto e urbanista, o período Modernista é pouco reconhecido, embora tenha contribuído com obras de boa qualidade, como os edifícios Jaguaribe e Esplanada, localizados na região central da cidade.

 

O objetivo do Guia on-line é aumentar o relacionamento das pessoas com a cidade, fazer com que elas aprendam a olhar e passem a conhecer e valorizar seu patrimônio arquitetônico. Como diz Walter Benjamin: ‘A cidade é um livro de pedras’. Se não a lermos, tampouco a reconheceremos como cultura e testemunho da história”.

 

Acesse o Guia Arqpoa.