Proposta vencedora elaborada pelo Indio da Costa A.U.D.T © Cortesia dos autores

Divulgado o resultado do Concurso de requalificação da Orla de Charitas

O primeiro lugar foi atribuído à equipe do escritório carioca Indio da Costa pelo projeto que “respeita a pureza dos espaços, honra sua história humanitária e inclusiva”

O Concurso Público Nacional de projeto de requalificação da Orla de Charitas anunciou o resultado do certame nesta última segunda-feira (28/6), que aguarda homologação prevista para o próximo 12 de julho. Até o momento, o primeiro lugar é ocupado pelo carioca Indio da Costa A.U.D.T e, na sequência, AGENCIA TPBA (RJ) e Alexandre Furcolin Paisagismo (Campinas, São Paulo) nas segunda e terceira posições. Além dos três selecionados, são indicadas mais cinco propostas como menções honrosas.

Lançado no último mês de abril pela Secretaria de Urbanismo e Mobilidade de Niterói e pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Rio de Janeiro (IAB-RJ), o concurso tem como objetivo transformar o trecho entre a Praça do Rádio Amador e o Clube Naval em um grande parque linear. A iniciativa do município foi concebida com base no Plano Diretor, que está elaborando o Programa de Requalificação Urbana das Praias da Baía da Guanabara.

“Além de ser um projeto que vai transformar a orla de Charitas do ponto de vista urbanístico, a iniciativa está diretamente ligada ao desenvolvimento econômico da região, que tem muitos bares e restaurantes, além de representar mais um incentivo para o turismo da cidade, gerando renda e oportunidades de trabalho. A ideia é tornar esta área ainda mais agradável para os niteroienses e visitantes, com um espaço público moderno e que trará mais qualidade de vida para todos”, afirmou o prefeito de Niterói, Axel Grael, no lançamento do concurso.

Responsável pela articulação geral da presidência compartilhada do IAB/RJ e também Comissário Geral do 27º Congresso Mundial de Arquitetos UIA2021RIO, Igor de Vetyemy reforça a importância dos concursos públicos para a conquista de cidades mais democráticas, citando, ainda, a oportunidade de demonstrar maneiras de lidar com fraquezas e potencialidades do contexto local justamente no dia do encerramento do Congresso, em 22 de julho, quando os vencedores serão premiados na presença de um público virtual de mais de 160 países, já inscrito no evento.

“O concurso público de projeto é a ferramenta mais democrática com que contamos para construir uma cidade melhor para todas e todos. Em primeiro lugar, porque democratiza o acesso de um número enorme de arquitetos a projetos que de outra maneira não teriam oportunidade de aspirar. Em segundo, e como consequência direta disso, é o processo que melhor pode garantir uma construção inovadora de nossas cidades, porque estimula as mentes mais inspiradas do país, debruçadas sobre um problema real, com impacto real na vida das pessoas, e um júri qualificado analisando um grande número de soluções possíveis e escolhendo criteriosamente a que mais benefícios pode trazer à população. Teremos a oportunidade de atravessar esse processo para a requalificação de uma área tão importante de Niterói, justamente quando todos os olhos do mundo estarão debruçados sobre o nosso Estado, que servirá como laboratório para refletir e propor melhorias para as cidades de amanhã no mundo inteiro. É a oportunidade de uma geração de profissionais de todo o país serem convidados a escreverem junto conosco essa história”, discorre.

Confira o resultado!

 

1º Lugar

Indio da Costa A.U.D.T (RJ)
Equipe
Luiz Eduardo Indio da Costa (arquiteto urbanista), Luiz Augusto Indio da Costa (designer, mobiliário urbano e mobilidade), Sidney Linhares (paisagista), Monica Luz Lobo (arquiteta luminotécnica), Diana Lobo (comunicação e marketing) – Colaboradores: Daniel de Moraes, Roberta Leite, João Pedro Alencar, Leonardo Lopes, Carlota Sampaio, Rafaela Macedo, Paula Fiuza, Carla Vasconcelos, Ana Cecilia Menescal, Pedro Alamorim, Elizabeth Cohen, Elaine Biela, Daniele Vale, Camila Taboa, André Caetano, Lucas Gabriel, Tainá Brilhante

2º Lugar

AGENCIA TPBA (RJ)
Equipe
Priscila Bellas (Autora/Arquiteta e Urbanista), Thiago de Almeida (Autor/Arquiteto e Urbanista), Lucas Coelho Netto (Co-autor/Arquiteto e Urbanista)

3º Lugar

Alexandre Furcolin Paisagismo (Campinas, SP)
Equipe
Alexandre Furcolin, Autor, André Furcolin, Autor, Davi Furcolin Alvim, Autor, Fernando Moreno Bianchi, Autor, Helena Bonfante Dal Bianco, Autora, Maria Conceição Silverio Pires, Consultora, Paula Pereira, Autora

 

Consulte mais informações

www.concursocharitasniteroi.com.br/resultado