Confira o Guia IAB para a Agenda 2030

Lançada no último sábado (30/01), a publicação elenca 51 projetos e planos representantes da arquitetura e do urbanismo brasileiros que estão de acordo com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estipulados pela ONU

No último sábado de janeiro (30), o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) realizou uma live de lançamento do “Guia IAB para a Agenda 2030”, fruto do longo processo de seleção durante o ano de 2020, diante de mais de 80 inscrições, que compila 51 exemplos, dentre projetos e planos, acerca da arquitetura e do urbanismo brasileiros em acordo com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estipulados pela Organização Nacional das Nações Unidas (ONU).

Imagem: © ONU

 

Sabe-se que o novo Guia foi inspirado na publicação de mesmo nome elaborada pela União Internacional dos Arquitetos (UIA) no ano de 2019 e que terá nova versão lançada no 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2021RIO), a realizar-se de 18 a 22 de julho no Rio de Janeiro.

Esse guia, ao elencar respostas aos objetivos de desenvolvimento sustentável adotados pelas Nações Unidas –resultado do trabalho de muitas equipes, em muitas frentes – demonstra o papel central que a arquitetura e o urbanismo têm na salvaguarda da vida no planeta. Em tempos obscuros e preocupantes, essa coletânea reacende a esperança e reanima o compromisso do IAB com nossa casa comum, lado a lado com todos aqueles que compartilham nossa luta por um mundo melhor”, afirma Maria Elisa Baptista, Presidente do lAB.

Tantos os projetos arquitetônicos quanto os planejamentos urbanos foram selecionados por uma Comissão Editorial composta por representantes de entidades da classe, assim como pertencentes ao setor privado e a ONGs. A Coordenação da seleção ficou a cargo do arquiteto e urbanista Cid Blanco Jr., representante do IAB na Comissão da UIA de Acompanhamento dos ODS.

O resultado do processo de seleção foi inicialmente apresentado durante o Circuito Urbano 2020, realizado em outubro do mesmo ano e organizado pelo Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat). No denominado “Outubro Urbano”, o IAB realizou uma série de nove lives intituladas “Agenda 2030 na Arquitetura e Urbanismo Brasileiros: desafios em tempos de pandemia”, nas quais foram debatidas tais propostas.

Faltam 10 anos para chegarmos em 2030. A Agenda dos ODS é vista como um norteador para um mundo melhor. Pensar o futuro do planeta é olhar o futuro das cidades e de como a sustentabilidade as afeta enquanto sociedade. A Arquitetura e o Urbanismo têm de mostrar, à sociedade, sua interação com esse compromisso mundial”, afirma a arquiteta e urbanista Cláudia Pires, uma das coordenadoras da Comissão de Política Urbana onde está o Grupo de Trabalho da Agenda 2030 do IAB.

Confira e faça download gratuito do Guia IAB para a Agenda 2030.