Confira a programação da Bienal de Arquitetura de São Paulo:

Prevista para ocorrer entre os dias 02 de novembro e 04 de dezembro, a 9ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, a BIA, deverá acontecer no prédio da Oca, dentro do Parque do Ibirapuera. Com o tema “Arquitetura Para Todos – Construindo Cidadania”, será a primeira bienal de arquitetura a ocupar as ruas de São Paulo.

A programação incui dezenas de mostras como a tradicional Exposição Geral de Projetos, o Concurso de Ideias para Estudantes de Arquitetura e Urbanismo, as exibições promovidas pelo Governo Federal, e a exposição das obras que participaram do projeto New Practices realizado entre o IAB e o American Institute of Architects, entre outras.

Do exterior, virão as seguintes mostras e representações:
– Alemanha: “Baukultur – Cultura da Construção”.
– Argentina: “As cidades e seus signos”.
– Chile: “Construção e Reconstrução para o cidadão”.
– Colômbia: “Arquitetura e Cidadania”.
– Dinamarca: “O que faz uma cidade possível de se viver – Arquitetura como um condutor de uma cidade possível de se viver”.
– EUA: “Novas Praticas – New York /São Paulo”.
– França: “Metropolis?”.
– Holanda: “Arquitetura não solicitada”.
– Israel: “Cidade Branca: o Movimento Moderno em Tel Aviv”.
– Itália: “Arquitetura Italiana e Recuperação Urbana”.
– México: “Espaços Contemporâneos”.
– Moçambique: “Arquitetura sem arquiteto: eu, cidadão, me revelo”.
– Noruega: “Arquitetura Contemporânea da Noruega”.
– Portugal: “Tradição é inovação”.

Estão programadas oficinas de projeto com arquitetos dos ateliês internacionais que marcam presença durante a nonaBia. O workshop “Construindo Cidadania” reunirá profissionais da França, Itália, Portugal, Noruega. A oficina “Unsolicited Architecture” será com arquitetos da Holanda, enquanto da Inglaterra virão representantes para a “Supple Pavillion”.

Entre os seminários que ocorrerão entre os dias 08 de novembro e 02 de dezembro, boa parte tem como tema a cidade de São Paulo e a acessibilidade.

Entre os dias 08 de novembro e 04 de dezembro, haverá uma série de debates com temas tão variados quanto “O Concurso de Brasília”, “Estádios da copa, tecnologia e desenvolvimento”, “Rio 2016 – Porto Olímpico e Morar Carioca”, “Política e regulamentação profissional – Conselho de Arquitetura e Urbanismo” e “Urbanização de São Paulo – os 100 anos de Cia. City”.

Fora da OCA, a programação da nonaBia inclui passeios pela região central da cidade, exposições como as da Triptyque Arquitetura, do SpaceGroup e do Vazio, na galeria Eduardo Fernandes, a partir do dia 03 de novembro, e a mostra Baukultur: A cultura da Construção, criada pela representação da Alemanha no Centro Cultural São Paulo.

Nas estações Sé, República, Tamanduateí e Vila Prudente será realizada a mostra “Espaços de conexão”, que conta a história do projeto e construção de alguns dos mais emblemáticos terminais do metrô paulistano.

As faculdades de arquitetura da USP, Mackenzie, Belas Artes, Escola da Cidade, FAAP, FIAMFAAM, Senac, Unicid e UnG também prometem atividades paralelas associadas à Bienal.

Após o encerramento da nonaBia, parte das exposições e atividades circulará por unidades do Sesc no interior paulista, como em Araraquara, Bauru, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e São José dos Campos.

Serviço
– 9ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo – nonaBia
– OCA – Parque do Ibirapuera – São Paulo
– De 01 de novembro a 04 de dezembro de 2011
– Terça a domingo, das 10h às 22h
– Entrada: R$ 10,00 (gratuito para crianças de até 10 anos)

Informações e inscrições: www.nonabia.com.br