(Imagem: divulgação / {CURA})

Concurso de ideias divulga resultado sob novas técnicas de exposição virtual

É possível percorrer e baixar os arquivos dos trabalhos premiados do 4º Prêmio Museu da Democracia, que configuram a mostra remota na sede do {CURA}, promotor do certame

O 4º Prêmio {CURA} Museu da Democracia dá continuidade à proposta de realização dos concursos de ideias com temas que se alinham às discussões atuais da arquitetura, cidade e sociedade, com foco no Brasil atual. Esta edição, frente à presença institucional “do discurso autoritário e negacionista”, foi em busca de projetos que traduzissem a importância do olhar para o passado, de modo a contribuir para que ele não se repita.

Ao todo, foram recebidas 111 propostas provenientes de 18 estados brasileiros, das quais apenas nove integraram o resultado da disputa – primeiro, segundo e terceiro colocados, além de seis menções honrosas -, passando pelo crivo do júri composto pelos arquitetos urbanistas Francisco Fanucci, Luciana Brasil, Marco Artigas, Marina Grinover e Romullo Barato.

Desta vez, a inovação se concentra na maneira com que o público passa a conferir os vencedores. Trata-se de uma exposição virtual disponibilizada no site oficial do concurso que tenta simular o que poderia ser a experiência da mostra física na sede do próprio {CURA} – sigla para Cursos de Representação Arquitetônica -, em São Paulo: “Inclusive, por ser digital, temos a vantagem de um ‘orçamento infinito’, o que permite inserir até mesmo os cavaletes de vidro da Lina Bo Bardi”, complementa o arquiteto urbanista Marcus Vinicius Damon, sócio fundador dos paulistanos Estúdio Módulo e Método {CURA}, ao lado de Guilherme Bravin.

 

 

O arquiteto também afirma que este é um tipo de apresentação que já vem sendo testado e utilizado em alguns dos projetos do próprio escritório – mais especificamente do Edifício II do Ágora Tech Park, em Joinville (SC), e da Sede Associação de Engenheiros e Arquitetos, em Sorocaba (SP) – e que, em breve, a técnica também passará a incorporar os módulos que compõem o Método {CURA}:

Estamos usando essa forma de apresentação justamente por ser mais interativa e permitir uma relação interessante com os projetos”.

Em maiores detalhes, o curso de representação arquitetônica permanece com a modelagem no Sketchup, porém a renderização altera-se para outro software, que não o V-ray anteriormente utilizado. Posteriormente, o produto é carregado em uma plataforma online para finalmente incorporar o site. Ainda, nessa mesma plataforma, a ferramenta de navegação também pode ser atividade a partir dos óculos de realidade 3D (VR).

Passeie pela exposição virtual do 4º Prêmio {CURA} Museu da Democracia.

* Confira também as apresentações autorais do Estúdio Módulo: Edifício II do Ágora Tech Park, em Joinville (SC), e da Sede Associação de Engenheiros e Arquitetos, em Sorocaba (SP).