(Foto: Cortesia CAB2021)

Bienal de Arquitetura de Chicago: conheça tema e diretor artístico da edição 2021

Com trabalhos dirigidos por David Brown, recém-nomeado pela CAB, a 4º edição do evento recebe o título The Available City [A Cidade Disponível]. Saiba mais e participe da conversa preparatória entre David Brown e Walter Hood, amanhã (27/10) pelo Zoom

A quarta edição da Bienal de Arquitetura de Chicago 2021 (CAB) será conduzida pelo tema The Available City [A Cidade Disponível] -, e terá como Diretor Artístico o designer, pesquisador e professor da Escola de Arquitetura da Universidade de Illinois, David Brown. Tendo em vista o cenário global, o evento propõe o fomento a debates acerca da interseção entre arquitetura e design com questões críticas sociais e políticas – como saúde, sustentabilidade, equidade e justiça racial.

Ao questionar sobretudo o impacto que o espaço coletivo pode exercer sobre as cidades (hoje interpretado também sob a experiência pandêmica), The Available City será inaugurada em setembro de 2021 e contará com eventos preliminares – o primeiro deles a se realizar amanhã (27/10), das 17h às 18h (CST), entre Walter Hood (paisagista, artista público e contribuinte da Bienal de 2019) e David Brown, com transmissão e inscrições pelo Zoom no link bit.ly/Hood_Brown.

A programação do evento principal é pública, gratuita e estará distribuída em diversos bairros de Chicago e em plataformas digitais. Dessa maneira, a Bienal busca enriquecer o espaço público, ampliando e apresentando ideias direcionadas ao design, a construção de comunidades e elaboração de espaços criativos.

A partir de um levantamento dos lotes vazios na cidade, a quarta edição da CAB explora a estrutura da “Cidade Disponível” em uma plataforma global, “envolvendo projetos e práticas locais e internacionais que refletem novos conceitos para o espaço compartilhado e o agenciamento coletivo na cidade”, pontua a prefeita, Lori E. Lightfoot.

Neste sentido, David Brown comenta:

Plataformas como a Bienal oferecem um espaço único para explorar e experimentar novas ideias e projetos. […] Desde 2015, as colaborações com a CAB ajudaram a moldar a ‘Cidade Disponível’ e estou ansioso para ver como estará a próxima fase do projeto, que tanto trará novas perspectivas ao meu trabalho junto a organizações comunitárias e moradores quanto aprofundará o debate sobre o próprio papel que o espaço coletivo pode exercer sobre as cidades no mundo hoje”.

Focadas em inovações no campo da arquitetura, as três primeiras edições da CAB exploraram projetos desenvolvidos por mais de 350 arquitetos, designers e artistas de mais de 40 países. Para 2021, a Bienal “irá imaginar possibilidades novas e estimulantes para ativar espaços em toda a cidade, expandindo o acesso à arquitetura e design e envolvendo novas vozes”, segundo descrição do evento.

Entre seus parceiros locais e globais, a Bienal continuará colaborando com a Danish Arts Foundation (DAF) para promover o intercâmbio mútuo entre estas instituições através de um trabalho encomendado que responderá diretamente aos temas da edição.