Urdi Arquitetura: Edifício esportivo/cultural, São Paulo

Com a inauguração, no primeiro semestre deste ano, do novo complexo cultural e esportivo do Colégio São Luís, a  esquina que ele ocupa no bairro paulistano de Cerqueira César alcançou novo patamar de qualidade urbanístico‑ arquitetônica. A  cortês relação que estabeleceu com a cidade, desvinculando‑ se da imagem de bunker que prevalecia na edificação anterior, é um dos méritos do projeto, concebido pelo escritório Urdi, dos  arquitetos Alexandre Liba e Alberto Barbour.

Há mais de uma década, quando Alexandre Liba e Alberto Barbour tiveram seu primeiro contato com a direção do Colégio São Luís em São Paulo, os titulares do Urdi Arquitetura já acumulavam certa experiência em projetos de teatro e de cenografia. Foi por esse currículo que receberam o convite para propor um teatro, a ser construído pela centenária escola – fundado em 1867, em Itu, SP, o São Luís iniciou sua primeira turma na capital paulista em 1918. A edificação seria implantada no lote originalmente formado pela quadra da avenida Paulista e ruas Haddock Lobo, Luís Coelho e Bela Cintra, no bairro de Cerqueira César, próximo da região central da cidade. A ideia não prosperou, mas a relação do Urdi com a instituição se aprofundou (a ponto de serem lembrados, erroneamente, como antigos alunos) e em 2005 os arquitetos tiveram aprovado o seu plano diretor para a reordenação da infraestrutura física do colégio, antes confusa e fragmentada. As  diretrizes tinham cronograma de implantação de 12 anos, iniciadas com intervenções modestas (como o novo espaço de refeitório e calçadas externas) mas culminando com o complexo esportivo/cultural.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante