Teuba Arquitetura e Urbanismo: Sesc, Jundiaí, SP

Colocar o visitante em contato permanente com a cidade e a natureza, em contrapartida ao atendimento de programa denso e complexo, é o que qualifica o projeto do Sesc Jundiaí, feito pelo escritório Teuba Arquitetura e Urbanismo, que também está trabalhando para a instituição na criação da unidade de Barigui e na requalificação e elaboração de um plano diretor para o complexo de Bertioga.

Quando iniciaram o projeto do Sesc Jundiaí, em 2004, as arquitetas Christina de Castro Mello e Rita Vaz, sócias do escritório paulista Teuba Arquitetura e Urbanismo, tinham como área disponível à intervenção um amplo terreno, livre e em aclive, vizinho ao Paço Municipal da cidade (projeto de Araken Martinho, Jackson Homero Vicentin e Paulo Sérgio Scarazzato). O Sesc margeia o (canalizado) rio Jundiaí num dos pontos em que o curso d’água é interceptado pela linha férrea, atualmente restrita ao transporte de cargas, mas que já acolheu passageiros, na mesma época em que serviu ao escoamento da produção cafeeira do interior de São Paulo para o porto de Santos pela estrada de ferro Santos-Jundiaí. Situada em vale, a unidade do Serviço Social do Comércio pertence ao trecho de urbanização mais recente da cidade, contraposta ao núcleo antigo do outro lado do rio. Ao fundo daquela área está a serra do Japi, um dos raros remanescentes de mata atlântica no interior paulista.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante