Foto: Cristiano Mascaro

Terminais urbanos: locais de destaque na paisagem | Por Ruth Verde Zein

A palavra paisagem nos remete inicialmente às coisas da natureza; aplicá-la à cidade – como paisagem urbana – pode parecer uma transposição indevida ou apenas adstrita aos elementos propriamente “naturais” da cidade, como sua topografia e vegetação. Entretanto, o próprio homem é parte da natureza; embora assumindo caráter predatório em certas circunstâncias, sua atividade e os frutos que dela advêm são ainda parte da dinâmica natural. Seguindo-se nesse raciocínio, a cidade é como o habitat do homem onde ele recria, de maneira peculiar, uma paisagem natural, criando a paisagem urbana; que reúne, além da dinâmica geográfica e biológica, a dinâmica das funções sociais, econômicas e culturais.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante