(Foto: Divulgação: Pontiac)

Studio MK27: Patina Hotel Maldives, Fari Islands, Maldivas

Fari Islands, na República das Maldivas (arquipélago do Oceano Índico, distante 700 quilômetros do sul da Ásia), é um conjunto de quatro ilhas artificiais que começou a ser implantado há cerca de dez anos. Capitaneado pelo Pontiac Land Group, de Singapura, o empreendimento de hospitalidade teve recentemente inaugurado na sua ilha maior, de 400 mil metros quadrados de área, o Patina Hotel Maldives: conjunto hoteleiro concebido pelo paulistano Studio MK27. A coautoria é de Renata Furlanetto e a autoria dos interiores é de Diana Radomysler (com Pedro Ribeiro). Ambas diretoras, junto com Suzana Glogowski e Mariana Simas, do escritório criado por Marcio Kogan.

Fari significa beleza em um dialeto das Maldivas, explica Renata Furlanetto o propósito do projeto de amparar a hospitalidade em meio ao deslumbrante horizonte infinito. Das quatro ilhas desenhadas para o complexo – cuja forma ovalada e com lagoa ao centro remete aos atóis naturais, ilhas oceânicas resultantes da sedimentação de recifes de coral -, três são dedicadas ao programa hoteleiro e uma aos trabalhadores locais. O hotel criado pelo escritório de São Paulo é o primeiro de uma nova bandeira do empreendedor de Singapura, denominada Patina.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante