Sotero Arquitetos: Requalificação da Colina do Senhor do Bonfim, Salvador (BA)

Planejamento e desenho urbano, arquitetura e desenho de mobiliário são constituintes do projeto do Sotero Arquitetos para a requalificação da Colina do Senhor do Bonfim, na Bahia. Com as melhorias realizadas no espaço público e a ampliação do conjunto edificado, o local, rico de significados e pleno de vitalidade, entra em nova fase da sua história de quase três séculos. Premiado recentemente pelo IAB-SP e vencedor do Prêmio Desafios do Patrimônio Cultural, promovido pelos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco, Bahia e Minas Gerais, o projeto é visto por Adriano Mascarenhas, fundador do Sotero, como 'verdadeiramente dos mais importantes que já realizamos, por causa da sua complexidade e significado para o país'

Há uma condição especial na Colina do Senhor do Bonfim, em Salvador, Bahia, que é a relação intrínseca do lugar – suas construções e a morfologia urbana – com o culto que lhe deu origem. A posição da basílica no alto da colina – na Península de Itapagipe, vista a partir da Baía de Todos os Santos -, as construções que a cercam, o traçado das ruas e também a dimensão e o posicionamento dos espaços públicos são todos derivados da sua presença. Um território de atuação da Devoção do Senhor do Bonfim, associação católica e de direito privado fundada em 1745, que agrega o caráter religioso ao social e ao cultural, amparada pelas doações que vem recebendo dos fiéis ao longo dos seus 274 anos de existência. Por que não dizer, então, que a história da Colina do Bonfim, onde intervém o projeto do Sotero, é também uma construção coletiva, dos baianos e, em escala maior, dos brasileiros que a visitam?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante