(Foto: Pregnolato & Kusiki)

SIAA: Edifício Bem Viver General Jardim, São Paulo

Parte da diversidade de assuntos que interessa na sua atuação profissional, os arquitetos do SIAA são os autores do edifício residencial voltado a famílias com renda de até seis salários mínimos. Da contraposição formal e desprendimento da torre em relação ao embasamento surge uma arquitetura atenta à qualidade dos espaços coletivos e com interface amistosa com a rua.

O projeto é parte de uma série de empreendimentos da incorporadora Magik, em São Paulo, de habitação para o mercado popular. O contexto é o do incentivo, pelo atual plano diretor urbanístico da cidade, à criação de moradias de interesse social em regiões centrais a partir do aumento do potencial construtivo de lotes em zonas pré-fixadas pela municipalidade. Na Vila Buarque, aonde está localizado o edifício de autoria de Shundi Iwamizu e equipe do SIAA, a possibilidade de construir sem outorga onerosa até seis vezes a área do terreno deu nova utilidade a propriedades de pequena dimensão, até então subutilizadas como estacionamento de veículos.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante