O desenho curvo busca aproximação com o traçado sinuoso das ruas do bairro

Ruy Ohtake: George V Residence, São Paulo

Localizado no Alto de Pinheiros, zona oeste da capital paulista, o George V Residence exibe as linhas suaves e as curvas em concreto que caracterizam os trabalhos do arquiteto Ruy Ohtake. A linguagem da curva permite ao flat amoldar-se à paisagem. De seus terraços frontais, desfruta-se do belo visual (raro em São Paulo) proporcionado pela região, marcada por bairros horizontalizados e arborizados.

O partido definido por Ohtake para o George V aproveita-se, em primeiro plano, da privilegiada condição do lote – uma praça circular que articula diferentes ruas -, favorável ao exercício da linguagem que vem sendo explorada pelo arquiteto: a volumetria das linhas curvas.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante