(Foto: Escritório Ruy Ohtake)

Ruy Ohtake: Embaixada do Brasil, Tóquio

A representação brasileira no Japão.

O bairro de Aoyama, em Tóquio, caracteriza-se pela grande avenida Aoyamadõri, onde enormes e sofisticados edifícios de escritórios e megaempresas, construídos a partir da década de 70, já dão o tom predominante. Estreitas ruelas se ramificam dessa larga avenida. Ruelas nas quais moderníssimos Toyota e Honda disputam com bicicletas de estudantes uniformizados a locomoção pelo tráfego difícil. O compacto e irregular casario de dois e três pavimentos completa o quadro interno, muito apertado, do bairro, como acontece em todas as cidades do Oriente, desde Pequim e Bangcoc até a reconstruída Hiroshima. Esse é o entorno urbanístico onde se localiza o terreno da embaixada do Brasil, um dos bairros chamados privilegiados em Tóquio. Lá, como cá, existem leis de zoneamento.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante