(Foto: Eleonora F. de Souza)

Roland Corbisier | Por Ceça Guimaraens

Para traçar um breve resumo da vida intelectual do professor Roland Corbisier, resolvi utilizar suas palavras constantes do livro Autobiografia Filosófica, editado pela Civilização Brasileira em 1978. O texto a seguir é o resultado de uma leitura dessa edição, seguindo a ordem e a maneira com as quais o professor conta a sua trajetória através das ideias, a sua formação e a sua opção pela "teoria da práxis, ou socialismo científico que, a meu ver, é a filosofia de nossa época, caracterizada pela socialização e tecnificação da existência".

Foi difícil para nós dominar a emoção e a admiração despertada há uns dez anos quando o conhecemos e que até hoje persistem, ampliando-se na leitura do seu último livro ou na frequência a seus cursos, e tentar passar para os leitores da Projeto a necessidade do conhecimento do porquê (ou dos porquês) dos processos e das ações do homem. Para nós, arquitetos, em sua maior parte gente de ação, gente do fazer, nunca sobra tempo para uma reflexão mais profunda sobre os motivos das nossas realizações.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante