Foto: Ilana Bessler

Metro Arquitetos

O primeiro semestre de 2016 foi de atividade intensa no Metro Arquitetos Associados, escritório paulistano liderado por Martin Corullon, Gustavo Cedroni, Marina Ioshii e Helena Cavalheiro, e composto ainda por outros dez colaboradores. Além da rotina de desenvolvimento dos projetos, estava em curso a reestruturação da equipe que, após uma década de estica e encolhe do número de arquitetos e estagiários – prática corriqueira na profissão -, pretende por fim à gestão vinculada ao fluxo descontínuo dos trabalhos, a favor da estabilidade da empresa. Sim, vivemos um momento de crise no Brasil que afeta em massa, embora em graus diversos, a atuação dos arquitetos. Mas para o Metro a hora é de olhar para frente e constituir as bases do que consideram o seu time ideal. Aparentemente, eles chegaram lá.

 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante