Gustavo Penna

Raros são os escritórios nacionais que, tendo alcançado o status de uma empresa de arquitetura de porte – para os padrões do país -, continuam a atuar na pequena, média e grande escalas, como ocorre com Gustavo Penna Arquiteto & Associados. “Não temos uma linha de produção”, enfatiza, com certo orgulho, Laura Penna, filha que seguiu os passos do titular da equipe na profissão. Projetos para o rótulo de uma cerveja, a capa de um disco, uma residência ou um centro administrativo são tratados com o esmero e a delicadeza de um ateliê. A maior parte dos integrantes da equipe – a qual, em anos recentes, quase sempre conta com profissionais de outros países – revela que foi justamente a diversidade de programas e a alternância de dimensões que os levaram a ingressar no estúdio e a permanecer ali por longos períodos.

 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante