Biselli & Katchborian

Duas casas, um aeroporto e, na introdução da matéria, o histórico de um projeto misto de arquitetura e desenho urbano são os trabalhos abordados nesta seção Perfil dedicada ao escritório paulista Biselli & Katchborian Arquitetos Associados. Criado em 1986 por um trio de colegas de turma formados no ano anterior pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie (leia a entrevista adiante), desde 1991 o escritório está sob o comando dos sócios-fundadores Mario Biselli e Artur Katchborian, que frequentemente atuam em parceria com outros colegas arquitetos, muitos deles jovens profissionais e antigos colaboradores. Tanto a diversidade de projetos por eles desenvolvidos quanto a sua participação constante em concursos e em forma de coautoria são indícios do seu modo trabalho ou, melhor dizer, de sua arquitetura. Como se cada projeto fosse um recomeço e como se cada um deles, se refeito, abrisse margem para novas (e igualmente boas) soluções, contando favoravelmente no processo com a colaboração de criatividades diversas. Isso se refere à noção que o escritório opera de partido arquitetônico, cuja formulação, como apresentado por Biselli na abertura da sua tese de doutorado defendida em 2014 na FAU-Mackenzie – Teoria e Prática do Projeto Arquitetônico -, “não se submete a nenhum tipo de procedimento metodológico apriorista, sendo antes o aspecto excêntrico, não linear, aparentemente arbitrário e, contudo, central no processo projetual”.

 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante