Paulo Mendes da Rocha e Eduardo Colonelli: Reforma, restauro e adaptação da Pinacoteca, São Paulo

Intervenção técnica dá transparência, inverte eixo de acesso e cria novos espaços com funcionalidade.

O projeto de reforma e restauro do prédio da Pinacoteca do Estado de São Paulo conseguiu estabelecer um equilíbrio entre estas duas formas de intervenção. Os autores impuseram – em parte pelo peso profissional de Paulo Mendes da Rocha – uma inversão no eixo de circulação do edifício neo-clássico projetado, em 1896, por Francisco de Paula Ramos de Azevedo. Inaugurado em 1900, mesmo sem estar concluído – faltou executar a torre monumental sobre o octógono central -, o prédio construído para abrigar o Liceu de Artes e Ofícios teve ocupação bastante eclética.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante