Entrevista: Paulo Casé

Paulo Casé formou-se arquiteto pela Escola Nacional de Belas-Artes do Rio de Janeiro e montou escritório próprio em 1958, em sociedade, já desfeita, com Luiz Acioli

Paulo Casé faz parte de uma geração de profissionais que passou os anos de faculdade debatendo arquitetura e lendo tudo o que lhe chegava às mãos sobre modernismo. Era o final dos anos 1950 e na tradicional Escola Nacional de Belas-Artes, no Rio de Janeiro, ainda reinava o ecletismo, enquanto o moderno não chegava às salas de aulas – “por desinteresse, acomodação ou conservadorismo”, diz o arquiteto.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante