(Foto: Nelson Kon)

Papel fotográfico: imagens que constroem a arquitetura | Por Luiz Fernández-Galiano

O fotógrafo torna-se coautor do edifício que existe não só materialmente, mas também na retina e na consciência dos homens.

Dizia Jorge Luis Borges que um escritor merece ser julgado por sua melhor página e talvez um edifício mereça ser igualmente julgado por sua melhor foto. Nessa nossa era repleta de mídia, a saturação de informações narcotiza as retinas: conseguir atravessar a confusão visual com uma só imagem memorável já é uma proeza da comunicação. Se um edifício consegue produzir uma imagem que se instale na memória, seguramente, será mesquinho negar-lhe reconhecimento.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante