O Parque D. Pedro II e a paisagem paulistana | Por Isabel Duprat

A história do Parque D. Pedro II, sua implantação e destruição, nos propõe hoje uma reflexão no processo de evolução da paisagem paulistana.

É o nosso século que vive os melhores momentos de apropriação da paisagem natural no desenho da cidade, e, paradoxalmente, é nas suas últimas décadas que se concentra a deterioração deste processo.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante