Míriam Escobar: MCR Produções e Propaganda, São Paulo

O típico sobrado eclético é um dos muitos que foram projetados e construídos no bairro do Bexiga, zona central de São Paulo, por imigrantes italianos que copiavam os detalhes e ornamentos das casas mais ricas da cidade. Restaurado pela arquiteta Míriam Escobar, o casarão teve sua área complementada por uma nova construção de tipologia fabril e agora abriga a MCR Produções e Propaganda e seus estúdios de gravação.

Há cerca de 15 anos, quando foi realizada a intervenção na primeira sede da MCR, no bairro da Bela Vista (conhecido como Bexiga), seus proprietários já cobiçavam o casarão vizinho, típico exemplar da arquitetura eclética do início do século 20, como centenas de outros que os mestres-de-obras de origem italiana espalharam pela região. Em 1990, os donos da empresa finalmente conseguiram adquirir o sobrado de porão alto, datado de 1910. Responsável pelo restauro e adaptação da primeira casa, ampliada em 1986 com a construção de um galpão de tipologia fabril (leia Projeto 100, junho de 1987), a arquiteta Míriam Escobar foi chamada para fazer o mesmo trabalho no segundo imóvel, a fim de dar unidade de linguagem ao conjunto. As obras foram divididas em quatro etapas, iniciadas em 1993 e concluídas em 2000.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante