Miguel Juliano Arquitetura: Sesc Santana, São Paulo

O terreno de pequenas dimensões e o programa amplo não constituíram obstáculos para o desenvolvimento do projeto do Sesc Santana. Transformando essas condicionantes em ferramentas, o arquiteto Miguel Juliano criou uma edificação que se destaca no cenário da avenida Luís Dumont Villares, na zona norte de São Paulo, região que registra crescimento acelerado de equipamentos de lazer, como restaurantes, bares e cafés.
Com 6.756 metros quadrados, o lote abriga edifício de 16.568 metros quadrados, onde foram instalados piscinas aquecidas, solário, áreas para atividades físicas e jogos, quadra poliesportiva, restaurante e um teatro com capacidade para 349 pessoas. Para acomodar esses ambientes sem provocar a sensação de confinamento, o arquiteto definiu espaços com amplo pé-direito e utilizou a transparência do vidro em fachadas, coberturas e setores de circulação.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante