LT Arquitetura: Centro cultural Banco do Brasil, São Paulo

O arquiteto Luiz Telles e sua equipe reformularam o prédio da primeira agência própria do BB em São Paulo e implantaram a versão paulistana do Centro Cultural Banco do Brasil. Ao lado do Masp Centro e da Sala São Paulo, ele reforça o apelo cultural na revitalização do centro velho da cidade. Com teatro e salas de exposição, vídeo e cinema, foi planejado para oferecer a mesma programação do original carioca.

Prevista há longo tempo, a idéia de implantar em São Paulo o Centro Cultural Banco do Brasil – que há mais de uma década é referência no circuito cultural do Rio de Janeiro – foi adiada por alguns anos devido a mudanças na política interna do banco. A espera chegou ao fim em 21 de abril, quando o espaço foi inaugurado com a missão de contribuir para o resgate da  região central da cidade. Tombado por órgãos municipal e estadual de preservação do patrimônio histórico, o edifício eclético de cinco pavimentos, localizado na esquina de duas ruas do centro velho de São Paulo, foi totalmente restaurado, beneficiando-se das novas leis da Operação Urbana Centro. Elas permitiram o aproveitamento do recuo dos fundos do lote para a ampliação da área construída de 3 600 para 4 100 metros quadrados, diferença usada para acomodar a escada de incêndio e parte dos equipamentos de ar condicionado.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante