Le Corbusier em Bogotá, ou A chegada do futuro entre nós | Por Camilo Pardo Galvis, Colômbia

O plano regulador, ou plano piloto, para a cidade de Bogotá, de 1950, junto com os planos para a cidade universitária do Rio de Janeiro, de 1936, e os estudos de urbanização para o Rio de Janeiro e Buenos Aires, de 1929, constituem as primeiras aproximações em escala urbanística das teorias de Le Corbusier, aplicadas em casos reais, na América Latina.

Centro cívico de Bogotá, proposta de Le Cgrbusjer 1949. Supondo que o movimento revolucionário de 1948 havia semidestruído a cidade, ele propôs um novo centro cívico, ampliando em dois quarteirões a praça principal. Ele mesmo verificou depois ser inadequada tal proposta, que destruiria valiosos exemplos da arquitetura histórica bogotana. Mas seus discípulos locais estavam dispostos a atende-lo, trocando sem vacilar a história pela novidade

 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante