(Foto: Nelson Kon)

Kengo Kuma: Loja modelo da Fast Shop, São Paulo

Atualmente com trabalhos em curso em mais de vinte países, Kengo Kuma acaba de ter inaugurado o seu segundo projeto no Brasil. Trata-se da nova loja modelo em São Paulo da Fast Shop – varejista de eletroeletrônicos e eletrodomésticos – que, embora seja programa pouco usual no seu portfólio profissional, aborda duas questões de extrema relevância na contemporaneidade: a interação do espaço físico de vendas com o e-commerce (híbrido denominado phygital) e o aporte da tecnologia digital na vida doméstica (IoT, sigla em inglês para o termo Tecnologia das Coisas). A casa, colocada no centro das atenções por causa do trabalho remoto durante a pandemia do Covid-19, é a inspiração do projeto arquitetônico.

O conceito do projeto da nova loja modelo da Fast Shop, desenvolvido para o primeiro endereço da marca no Shopping Ibirapuera em São Paulo – são quase mil metros quadrados de área -, é a jornada diária do consumidor, suas experiências e atividades, protagonizada no ambiente doméstico. Materiais naturais e a iluminação acolhedora explicitam a escolha, conformando o pano de fundo de ambientes com maior ou menor conexão entre si, representativos de momentos do nosso cotidiano. “A setorização e o design não vêm dos produtos, mas da vida”, cita Kuma em um video institucional no qual discorre sobre o projeto.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante