(Foto: Marcílio Gazinelli)

João Diniz: Edifício Tamandaré, Belo Horizonte

O lançamento do partido arquitetônico num lote de 12 x 40 m, com afastamentos laterais mínimos permitidos de 2,30 m, levou a uma implantação linear. Assim, trabalham-se as superfícies quase planas das elevações criando-se modulações horizontais e variações de materiais e texturas. O arremate superior do edifício se relaciona com o caráter residencial do programa através do telhado, executado em pedra ardósia, com inclinação de 45° gerando interessante espaço interno e propondo uma dinâmica no skyline local através das linhas diagonais.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante