(Foto: Fernando Guerra)

Jacobsen Arquitetura:
Casa MS, São Paulo

Dentre o importante conjunto casas de alto padrão projetadas pela equipe do Jacobsen Arquitetura, dos sócios Paulo e Bernardo Jacobsen, pai e filho, esta residência localizada em condomínio privado nas imediações de São Paulo tem a particularidade de tensionar, com sua grande área construída comparada à área do terreno, o desfrute do lote e aquele da paisagem distante. Adotando soluções engenhosas para fazer da grande construção um volume esbelto, sem o prejuízo da relação amistosa da edificação com o lugar, os arquitetos mais uma vez fizeram valer o princípio de provocar o conjunto de conhecimentos necessários à realização do projeto a partir da estética almejada, minimalista.

Dezoito delgados pilares metálicos sustentam a grelha de madeira laminada colada que cobre esta casa projetada pela equipe do Jacobsen Arquitetura. A cobertura perfaz um retângulo de 22,8 metros por 19,2 metros de lado e é constituída por módulos quadrados com 60 centímetros, cuja sombra projetada no piso dá ritmo e escala humana ao espaço construído em meio à vastidão do entorno reverberada pelo projeto. De fato, plana e vedada em sua periferia com painéis de vidro, a superfície parece sintetizar o propósito da arquitetura de fornecer um simples – mas confortável – abrigo aos moradores, individuado em meio a um gramado que as fotos de Fernando Guerra fazem parecer sem fim. Localizado em final de uma pequena rua de condomínio residencial privado nas imediações de São Paulo, o terreno tem uma situação particular. Nos fundos ele se comunica com um campo de polo; de um lado há um talude que avança distante com sua vegetação rasteira em zona condominial e do outro lado está a única casa da vizinhança. Embora garantia de privacidade à residência, o plano inclinado cria uma sensação de rebaixamento do lote que os arquitetos neutralizaram invertendo a tradicional disposição dos setores domésticos. Assim, toda a zona social está localizada acima, no pavimento elevado, enquanto que os dormitórios e dependências de serviços, mais introspectivos, são térreos.

 

Todo o ambiente integrado da sala de estar e de jantar é envolvido por portas de correr vedadas com vidro insulado. Assim, há a quase integração total das áreas internas e externas da construção (Foto: Fernando Guerra)

 

Maior do que a grande cobertura, então, a laje de piso sob ela é um quadrado com 28,7 metros de lado, notável por causa da borda extremamente fina para as dimensões da construção: 15 centímetros de espessura. Além disso, todo o perímetro da laje é circundado por um banco contínuo e elevado que, feito com granito e tubos metálicos e possuindo 1,05 metros de profundidade, confere linearidade ao conjunto. Cobertura, banco e laje traçam três linhas paralelas no horizonte, fazendo parecer que a casa é a somatória de planos abertos, exceto o embasamento dos dormitórios, cuja disposição prioritária das janelas e portas para as laterais dá a sensação de tratar-se de um volume fechado. “Uma base sólida de pedra”, nas palavras dos arquitetos.

Obviamente que toda a aparente simplicidade é uma conquista e, assim, a eficácia do projeto em cumprir os seus propósitos se deve a uma somatória de conhecimentos, notadamente das equipes de engenharia – como a ITA Construtora e a Inner -, impulsionados pela vontade e habilidade dos arquitetos em criarem a estética minimalista do projeto.

 

 

A cobertura de madeira funciona como uma placa rígida, explica João Pini, da ITA, referindo-se ao fato “das grelhas serem capazes de transmitir esforços horizontais” como aqueles provenientes da ação do vento. Porém, dado os poucos 15 centímetros de diâmetro dos pilares de sustentação, adotou-se um artifício para liberá-los dos esforços de flexão resultantes, por exemplo, da possível movimentação da cobertura para um lado ou para outro. Fixou-se a grelha a três volumes que acomodam sauna, cozinha e adega na zona do pavimento superior voltada para a rua, os quais porém não tocam a cobertura. Então, “apoios telescópicos conectam a cobertura ao núcleo rígido [cabos de aço dispostos em X]. Dessa forma, o arranjo estrutural recebe pilares metálicos extremamente esbeltos que são solicitados apenas a esforços de compressão simples, diferentemente dos arranjos comuns onde os pilares atuam sob esforços combinados de flexão e compressão”, depõe a equipe da ITA, parceira longínqua dos projetos do Jacobsen Arquitetura.

Descentralizado em relação à cobertura, o grande ambiente sob ela que, vedado com portas de correr de vidro duplo insulado – também os beirais de vidro têm tratamento térmico, com a aplicação de películas que refletem o sol – acomoda sala de estar, de jantar e os volumes citados acima, é envolto por beirais que variam de 1,9 a 7,6 metros, este último coincidente com o espaçamento entre os pilares. Não há distinção entre o piso interno e o externo – ambos são chapas retangulares de granito – tampouco de tipos de mobiliário, de modo que a transparência da caixa envidraçada faça o pavimento superior comportar-se como um plano livre, aberto.

 

Uma ampla escadaria, descoberta e sem espelho, sinaliza a conexão da casa com a zona lindeira ao lote, na sua zona posterior, funcionando como espécie de entrada principal da casa. Sobre ela, à direita da foto, vê-se o engenhoso balanço do espelho d’água do pavimento superior que, neste trecho, é unicamente apoiado em uma viga longitudinal (Foto: Fernando Guerra)

 

Mais ainda, tal sensação é corroborada por um fato inusitado do projeto, que é a presença de um espelho d’água em toda a extensão da laje na extremidade voltada para o campo de polo. E aqui reside outro dos pormenores da arquitetura, que é a necessidade de compatibilizar o grande balanço estrutural, a sobrecarga da água na estrutura e a borda fina da laje, agravada pelo fato que, ainda que indistintos visualmente, o espelho d’água se une a uma piscina com 1,4 metros de profundidade, gerando sobrepeso maior. A solução encontrada foi a execução de reservatórios de água não com concreto mas com chapa metálica, alternativa jamais utilizada anteriormente pelos arquitetos, e para se minimizar os efeitos da provável movimentação da caixa metálica – de modo que a lâmina d’água permaneça sempre paralela às arestas da piscina e do espelho d’água, explica a prova dos nove do conjunto o arquiteto Christian Rojas, coordenador do projeto – fez-se a impermeabilização com material líquido em vez de manta. “Esta situação de esbeltez e altas solicitações é levada ao extremo no acesso principal da casa. Neste local, o espelho d’água sobre o balanço é unicamente apoiado em um tubo retangular de aço, o que gera no tubo uma elevada torção. Toda a estrutura do balanço perimetral passou por uma detalhada análise dinâmica, para verificar e garantir uma vibração mínima da estrutura”, explicam em nota os profissionais da Inner Engenharia Estrutural.

 

 

Se o efeito obtido é coerente com o propósito essencial da arquitetura de criar a borda fina da laje sem abrir mão da presença da água nem do grande balanço sob ela, é igualmente qualificador do pavimento térreo. A edificação é posicionada centralmente no lote e o ponto focal do projeto é o pavimento superior, onde há a integração total dos ambientes e são irrestritas as aberturas. Da grandeza da sua laje de piso decorrem dois comedidos corredores laterais gramados, no térreo, para onde se voltam as aberturas dos dormitórios, mas o balanço periférico e inclinado da laje – há vigas de seção variável nesta zona em balanço -, cria uma espécie de segundo abrigo, uma zona de acolhimento e transição dos dormitórios para o exterior. Forros e paredes externos revestidos com madeira freijó colaboram para a individuação desta zona de acolhimento e, assim, o paisagismo pode desempenhar o seu papel de enfatizar que a vista priorizada pelo o projeto é aquela à meia e à longa distâncias, “para o longínquo delineamento de montanhas e florestas” escrevem os arquitetos. O único elemento a interromper a homogeneidade da vegetação rasteira plantada no terreno é o conjunto de quatro bancos de madeira voltados para o tacho de fogueira que, centralizados na escadaria imponente que funciona como acesso secundário ao pavimento elevado, são o singelo núcleo de congregação ao ar livre, no chão. (Por Evelise Grunow)

 

 

Jacobsen Arquitetura
Originário do Rio de Janeiro, o escritório Jacobsen Arquitetura tem como premissa a criação de projetos que proponham a integração do ambiente construído com o seu contexto natural, qualificados, portanto, pela transparência, luminosidade, fluidez e leveza estrutural. O legado de quarenta e cinco anos de atuação de Paulo Jacobsen associado à experiência profissional internacional de Bernardo Jacobsen, na Europa e no Japão, contribuíram para a expansão das atividades da Jacobsen Arquitetura ao redor do mundo. O diversificado conjunto de projetos – realizados nas Américas, Europa, Ásia e Oceania – sugere a reflexão e o enfrentamento de programas arquitetônicos de diferentes naturezas, incluindo residências, hotéis, edifícios e museus. Atualmente, a empresa tem escritórios também em São Paulo e Lisboa.

 

 

Fornecedores

Alwitra (impermeabilização)
Greenwatt (ar condicionado)
Panoramah (esquadrias)
Arali (portas, painéis e forro)
Avec (clarabóias)
Ita Construtora (estrutura em madeira)

Ficha Técnica

Residência MS
Local São Paulo (SP)
Início do projeto 2015
Conclusão da obra 2019
Área do terreno 2.250m²
Área construída 1.280
Arquitetura Jacobsen Arquitetura - Paulo Jacobsen, Bernardo Jacobsen, Edgar Murata, Marcelo Vessoni, Marcela Siniauskas, Christian Rojas, Jinny Yim, Fernando Afonso, Gustavo Borges (equipe)
Interiores Jacobsen Arquitetura - Marcela Guerreiro, Thammy Nozaki, Marcela Penteado (equipe)
Iluminação Lightworks
Instalações Grau
Impermeabilização da piscina PROASP
Estrutura em madeira ITA Construtora
Estrutura Inner
Construção Alle Engenharia
Fotos Fernando Guerra

*O conteúdo do Acervo PROJETO está em constante atualização. Algumas matérias publicadas podem apresentar textos em desacordo com as regras ortográficas atuais, bem como imagens em menor resolução que o ideal, ou mesmo a falta delas. Ajude-nos a atualizar o site enviando mensagens aqui.