Henri e Bruno Gaudin: Cerzindo uma urbanidade esgarçada

Marinheiro, pintor, escritor, Henri Gaudin, que trabalha com seu filho Bruno, é uma das figuras mais importantes e singulares da paisagem arquitetônica francesa atual.

Henri e Bruno Gaudin participaram da renovação da arquitetura europeia que, no fim dos anos 70, manifestou-se por urna crítica radical, se não da arquitetura dita “moderna”, pelo menos da maneira de construir a cidade tal como havia sido pensada até então. Apesar disso, não aderiram a nenhum movimento da moda, neoclassicista, high tech ou deconstrutivista, e é em vão que se tem tentado falar de “barroquismo” ou de “goticismo” em relação a sua obra.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante