Helmut Jahn: Sony Center, Berlim, Alemanha

O Sony Center, projetado por Helmut Jahn, será um marco arquitetônico na Potsdamer Platz, no centro de Berlim. Com área construída superior a 132 mil metros quadrados num terreno de aproximadamente 26 mil metros quadrados, o complexo ficará pronto no ano 2000 e abrigará quatro edifícios de escritórios, dois para apartamentos, nove cinemas (um deles para projeções em três dimensões), lojas, restaurantes e estacionamento, além da cinemateca e da midiateca (arquivo sobre rádio e televisão). No centro, uma praça pública coberta de 4 mil metros quadrados destina-se a eventos e apresentações culturais.

A Potsdamer Platz, praticamente destruída no final da Segunda Guerra Mundial, tornou-se um símbolo da divisão de Berlim após 1945. Ali se encontravam os três setores em que a antiga capital alemã fora retalhada (soviético, americano e britânico). Com a queda do muro, em novembro de 1989, as autoridades municipais começaram a pensar no reaproveitamento de área tão valiosa. Dois anos depois, um concurso de ideias vencido por Hilmer & Sattler estabeleceu as bases do desenvolvimento urbano da região e, em junho de 1991, a Sony Corporation adquiriu um terreno triangular de 26 mil metros quadrados. Sete arquitetos foram convidados a participar de um concurso fechado para a escolha do projeto a ser construído no local: Meinhard von Gerkan, Herman Hertzberger, Walter Noebel, William Pedersen, Cesar Pelli, Kevin Roche e Helmut Jahn, este escolhido por decisão unânime do júri.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 6,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 6,99 mensaisJá sou assinante