Gustavo Penna: Centro de Feiras e Exposições de Minas Gerais

Projetados pelo arquiteto Gustavo Penna, um dos módulos do pavilhão de exposições e a arena de eventos do Parque da Gameleira, em Belo Horizonte, são construções de geometria simples e formas puras. O pavilhão quadrado e a arena circular sustentam-se como edifícios autônomos, mas travam um sugestivo diálogo arquitetônico. O tratamento das fachadas e as coberturas desempenham papel preponderante na composição plástica do conjunto. Concluídas em meados do ano passado, estas duas edificações compõem a segunda etapa do complexo da Gameleira. A primeira - a Casa do Criador - foi publicada em PROJETO DESIGN 208, de maio de 1997.

O Parque da Gameleira, em Belo Horizonte, foi construído na década de 30 e inaugurado em 1938. Cenário de eventos ligados à agricultura, pecuária e agroindústria, o parque foi tombado pelo município em 1990. Por sua privilegiada posição urbana, a área era cobiçada por grupos imobiliários que propunham construir no local edificações desligadas do contexto histórico-urbanístico.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante