Grupo SP: Edifício residencial Itacolomi 445, São Paulo

Uma cobiçada porção de terra surgiu em São Paulo, no bairro de Higienópolis, quando em 2010 veio abaixo uma edificação térrea e adaptada para função comercial. Seus vizinhos: dois edifícios residenciais, um deles projetado pelo polonês victor reif. Sua atual destinação: prédio de apartamentos dúplex, um por andar, concebido pelo Grupo SP. “O projeto do Itacolomi 445 procura reforçar o protagonismo do bairro, abrindo-se para a sua paisagem de arquitetura expressiva e bem construída e permitindo, simultaneamente, que o entorno inunde os seus espaços internos”, assinala Álvaro Puntoni, um dos autores

Quando teve início o projeto de Álvaro Puntoni e equipe, em 2008, existia ainda o Movimento Um. Constituído pela imobiliária Axpe e pela incorporadora Zarvos (leia PROJETOdesign 353, julho de 2009), além de um sócio construtor e outro do mercado financeiro, sua proposta era criar edifícios de apartamentos que qualificassem a paisagem urbana da zona oeste de São Paulo. O Itacolomi 445, segundo projeto do Grupo SP para a empresa – antes dele, conceberam o edifício Simpatia 236 -, era a primeira (e viria a ser a única) incursão do Movimento Um no bairro nobre de Higienópolis, consolidado e constituído por belos edifícios residenciais das décadas de 1950/60.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante