FI Arquitetura: Estúdio de gastronomia, Muriaé, MG

Cuidadosa intervenção realizada com base em projeto do escritório de Isabela Canêdo e Fernando Delgado converteu moradia operária secular em estúdio de gastronomia

Quando estudava na Universidade Federal Fluminense, em Niterói, Rio de Janeiro, Isabela Canêdo escolheu como tema do trabalho final de graduação de seu curso de arquitetura, concluído em 2014, uma vila operária edificada na primeira metade do século 20, localizada em Muriaé, Minas Gerais. Isabela nasceu naquele município da Zona da Mata mineira, onde ainda reside parte da sua família. Os imóveis foram construídos como moradias – 24 no total – para os trabalhadores de uma empresa de torrefação de café colhido nas lavouras do município e das imediações – a cafeicultura teve grande representatividade na economia local.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante